Comprimento ou cumprimento?

Mestre em Linguística (USP, 2019)
Graduada em Letras (USP, 2016)

Ouça este artigo:

Existem palavras que são muito parecidas na língua portuguesa. Algumas delas são idênticas no som, mas se diferenciam por causa da grafia ou do significado (ex: “sinto” e “cinto”).

Outras delas são parecidas no som, mas ainda assim não são idênticas. Além disso, seus significados e a forma como são escritas também são diferentes. No entanto, elas podem confundir muito na hora de serem escritas. Exemplo delas são os substantivos “comprimento” e “cumprimento”.

Ambos os termos existem na língua portuguesa, mas eles não podem ser utilizados no mesmo contexto visto que têm significados diferentes. Ainda assim, mesmo que muitas pessoas saibam que são palavras diferentes, elas acabam se confundindo na hora de redigi-las.

Por isso, é importante saber o que cada termo significa e associar o seu sentido à grafia correta. Dessa forma, será possível diminuir os riscos de escrever essas palavras da forma incorreta, garantindo a total compreensão do seu interlocutor.

Comprimento: o que significa

Quando falamos de comprimento, estamos nos referindo à extensão de algo. Por exemplo, o comprimento do cabelo de alguém corresponde à extensão que ele tem da raiz às pontas. Já o comprimento de uma parede equivale à medida que ela tem se a medirmos de uma aresta lateral até o seu final.

Fita métrica utilizada para medir o comprimento de roupas, por exemplo. Foto: Tetiana Rostopira / Shutterstock.com

Em vista disso, alguns dos sinônimos dessa palavra são “extensão”, “dimensão” e “tamanho”. Veja que, nesse caso, a palavra deve ser escrita com “o”. Se você redigi-la com “u”, você estará cometendo um erro ortográfico. Observe a seguir mais alguns exemplos de como esse termo pode aparecer em contextos diferentes:

  • “O comprimento da rodovia justifica o número de postos de gasolina existentes nela”;
  • “A carta da jovem para o namorado tinha um comprimento assustador!”;
  • “O comprimento da montanha-russa atraiu muitos turistas!”.

Em todos esses casos, comprimento pode ser substituído pela palavra tamanho. Assim sendo, é necessário escrevê-la com a letra “o”.

Cumprimento: o que significa

Já a palavra “cumprimento”, escrita com “u”, é utilizada para nos referirmos à execução/ realização de algo. Além disso, ela também pode nomear modos de saudar alguém. Afinal, sempre cumprimentamos uma pessoa conhecida quando a encontramos, não é mesmo?

Assim sendo, percebe-se que os significados dessa palavra são bem distintos do sentido de “comprimento”. Em vista disso, você precisa se atentar para a forma como essa palavra é escrita para não cometer um erro na hora de se comunicar.

Veja a seguir alguns exemplos de como “cumprimento” pode aparecer em diferentes contextos:

  1. “O cumprimento do acordo deixou os donos da empresa felizes”;
  2. “O namorado da menina zelou pelo cumprimento da sua promessa”;
  3. “O chefe da corporação reclamou que o funcionário ignorou o cumprimento de sua ordem”;
  4. “O guarda cumprimentou o padeiro quando foi ao supermercado”;
  5. “Achei o cumprimento da vizinha bastante seco!”.

Cuidado para não trocar as palavras!

Você agora sabe a diferença entre as palavras e, prestando atenção no contexto, consegue diferenciar o uso de cada uma delas. Em vista disso, é possível que você chegue a pensar se faz realmente diferença prestar atenção na forma em que ambas são escritas. Afinal, dependendo da forma como elas aparecem, é possível entender o que você está falando.

De fato, na fala, não faz muita diferença. Você pode falar “comprimento” ou “cumprimento” que dificilmente o seu interlocutor irá se importar muito com a troca. Porém, na escrita, as regras são outras. Então, se você cometer um erro ortográfico, ele poderá ser visto, revisto e lembrado com maior facilidade.

Assim, num contexto informal, esse erro pode passar batido. Mas numa situação que exige certa formalidade, essa troca pode afetar sua imagem em algum sentido. Em virtude disso, é importante que você saiba fazer a diferenciação entre as grafias dessas palavras, além de aprender a utilizá-las no contexto adequado.

Arquivado em: Português, Redação