Paronímia

Especialista em Planejamento, Implementação e Gestão da Educação a Distância (UFF)
Graduação em Letras (Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira, FUNCESI)

A paronímia é a relação de semelhança (não igualdade), na pronúncia e na escrita, entre palavras que apresentam significados diferentes. A essas palavras dá-se o nome de “parônimas”. Que tal aprender um pouco mais sobre elas? Para iniciarmos o nosso estudo, sugiro a leitura do comunicado abaixo para respondermos à questão proposta na sequência:

COMUNICADO – RETIFICAÇÃO

Comunicamos aos interessados, no Concurso de Poesias – n.15/2019, que o prazo para a inscrição dos textos, máximo de três por autor, foi prorrogado para o dia 20 de outubro de 2019.

Desejamos boa sorte a todos participantes!

Secretaria de Cultura – Prefeitura de Santa Clara

Após a leitura atenta do texto acima, pode-se afirmar que:

(   ) a palavra “retificação” foi empregada corretamente, pois significa “confirmação”.
(   ) a palavra “retificação” foi utilizada adequadamente para exprimir uma correção.
(   ) a palavra “retificação” deve ser substituída por “ratificação” para indicar uma alteração.

Antes de respondermos à questão, precisamos identificar qual a intenção da Secretaria de Cultura de Santa Clara ao produzir o comunicado. Confirmar o prazo para a inscrição das poesias ou corrigir/alterar o prazo para essa inscrição? Corrigir! Isso porque o referido prazo foi prorrogado, isto é, houve uma correção/alteração em relação ao edital do Concurso de Poesia. Mas, eis a pergunta: “retificação” ou “ratificação” encaixa-se no contexto acima? Encaixa-se “retificação”, que quer dizer “o ato de tornar reto”, “correção”. Já “ratificação” significa “confirmação” ou “validação”. Veja exemplos:

Os países ratificaram o livre comércio.

Os dados ratificam a necessidade de novas estratégias.

As palavras “ratificação” e “retificação” são parônimas, visto que são parecidas na pronúncia e na escrita! Vamos conferir mais exemplos de palavras parônimas?

O policial infligiu algumas multas. (aplicou)

O jovem infringiu as normas do estabelecimento. (desobedeceu)

O pedido de dispensa foi deferido pelo juiz. (concedido)

O evento foi diferido por causa da falta de energia elétrica. (adiado)

Achei o comprimento da estante muito pequeno! (medida)

Confesso que me surpreendi com o seu cumprimento... (saudação)

O evento homenageará a eminente escritora! (ilustre)

Fiz alguns comentários a respeito dos temas abordados. (sobre)

Elas não desistiram da carreira, a despeito dos obstáculos! (apesar dos)

O tráfego intenso prejudica a saída de casa neste feriado. (trânsito)

Ele sempre age com discrição. (qualidade daquele que é discreto)

Li a descrição do lugar e fiquei com vontade de conhecê-lo! (ato de descrever)

O desenvolvimento da doença é iminente no local. (que está prestes a acontecer)

Foram presos nesta manhã os suspeitos de tráfico de drogas. (comércio ilegal)

Para concluir:

A paronímia acontece quando palavras, com significados diferentes, estabelecem entre si uma relação de semelhança na pronúncia e na escrita. Não são iguais, são parecidas! Essas palavras são chamadas de “parônimas”.

Referência:

CEGALLA, Domingos Paschoal. Parônimos. In: ___ Novíssima gramática da língua portuguesa. 48.ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2008. p.312.

HOUAISS, Antônio; VILLAR, Mauro de Salles; FRANCO, Francisco Manoel de Mello. Pequeno dicionário Houaiss da língua portuguesa. 1ed. São Paulo: Moderna, 2015.

Arquivado em: Português