Uso de reticências

Mestre em Linguística (USP, 2019)
Graduada em Letras (USP, 2016)

Ouça este artigo:

O que são as reticências?

A reticências são um tipo de pontuação na gramática. Esse sinal é representado como três pontos. Elas podem aparecer de várias maneiras e expressando ideias distintas. As mais comuns costumam ser em interrupções ou na suspensão de frases, ou ainda de forma subjetiva ao expressar algum sentimento.

Maneiras de utilizar as reticências

Como dissemos anteriormente, existem casos variados no emprego dessa pontuação. Abaixo, você pode conferir onde e como usá-las adequadamente.

Interrupção das ideias

Um dos casos em que as reticências podem ser usadas acontece quando um personagem começa a falar sobre uma ideia e a interrompe. Às vezes, a intenção do uso é a de que o leitor subentenda o que seria dito. Veja alguns exemplos:

  • Eu poderia ter me casado se ela... bom, tivemos inconvenientes.
  • Ele disse que não queria, mas...
  • Nada disso teria acontecido se... você sabe.
  • Está na hora de ir embora, porque…

Sentimentos

Colocar na linguagem escrita emoções que são próprias da linguagem falada. Assim sendo, as reticências transmitem hesitações, tristeza, incerteza, susto, ironia, suspense, entre outros. Veja alguns exemplos:

  • Não sei se devo aceitar o convite... Quero ir, mas tenho os meus receios.
  • Eu… eu não sei… não sei o que podemos fazer agora…
  • Não a quero ver… nem falar com ela… não… nunca mais…
  • Não quero sobremesa... porque... porque não estou com vontade.

Prolongamento de ideias

No fim de um período gramaticalmente completo sugerindo certo prolongamento da ideia.

  • Eu… eu não sei… não sei o que podemos fazer agora…
  • Não vou beijá-lo… nem encontrá-lo… não… isso jamais acontecerá…
  • “Ninguém… A estrada, ampla e silente, Sem caminhantes adormece…” (Olavo Bilac)

Realçar discurso

As reticências podem aparecer também como uma forma de destacar uma palavra ou expressão. Nesse caso, ela é utilizada antes da palavra que se quer destacar. Confira:

  • Não há motivo para tanto...mistério.
  • Aquele olhar é... encantador
  • Seu presente é… uma bicicleta!
  • Faça o que eu estou mandando… agora!

Trechos incompletos de textos ou falas

Quando não se apresenta a frase completa do autor, é possível usar as reticências entre parênteses ou entre colchetes. Veja os exemplos a seguir:

(...) No Brasil, é comum as pessoas associarem racismo a um ataque sofrido por uma pessoa negra famosa, por exemplo, mas não entende que racismo é também uma empresa ter 90% dos funcionários brancos, chegar nos espaços e não ter pessoas negras o suficiente, só em lugares de subalternidade. Ou seja, a gente não consegue entender ainda o porquê de a gente reproduzir racismo, então é primordial entender como essa estrutura funciona” (Trecho da fala de Djamila Ribeiro em entrevista concedida a Carta Capital em janeiro de 2020 https://www.cartacapital.com.br/sociedade/djamila-ribeiro-somos-um-pais-que-nunca-aboliu-materialmente-a-escravidao/)

No exemplo acima, o discurso não está transcrito na íntegra, ou seja, algumas partes foram omitidas, ficando somente o trecho escolhido pelo autor que produziu o texto.

Dica: usar letra maiúscula ou minúscula após a reticência?

Uma dúvida recorrente no que tange o uso das reticências diz respeito ao uso de letra maiúscula ou minúscula após o sinal.

As duas formas podem estar corretas e o uso depende de cada caso. As letras maiúsculas podem ser usadas após as reticências quando a ideia seguinte é uma ideia nova.

Agora, se o discurso só apresenta uma pausa e a ideia prossegue, deveremos escrever com letra minúscula. Veja os dois exemplos:

  • Amanda sorriu... Resolveu perguntar sobre seu pai.
  • Amanda sorriu... perguntou sobre seu pai.

Observação

As reticências, assim como o ponto de exclamação, são sinais gráficos subjetivos de grande poder de sugestão e ricos em matizes melódicos. Ademais, são ótimos auxiliares da linguagem afetiva e poética. Seu uso, porém, é relativamente arbitrário, pois depende do estado emotivo do escritor.

Arquivado em: Português