Frísios

Mestrado em História (UFJF, 2013)
Graduação em História (UFJF, 2010)

Os Frísios foram um povo de marinheiros que viveram na Europa Antiga.

Também conhecidos como Frisões, os Frísios aparecerem relatados na obra do historiador romano Tácito que faz relação de tal povo com o que era chamado na época de Mar Frísio. De acordo com o romano, os Frísios tinham muitas relações com as águas marítimas na medida em que se organizavam como um povo de marinheiros. Ocupavam toda a região referente ao atual Mar do Norte, ou seja, da Bretanha até o leste da atual Dinamarca. Entretanto, as marcas dos Frísios em terra são escassas, há apenas algumas indicações da presença de tal povo ao redor do mar. Sabe-se que foram responsáveis por colonização nas regiões da Inglaterra, da Escócia, da Dinamarca, da Alemanha, da Bélgica, da França e dos Países Baixos.

Há poucas fontes concretas que indicam a presença e as atividades dos Frísios ao longo do continente europeu, porém é possível traças o esboço de um mapa da ocupação desse povo que nos apresenta um território que seguia a costa continental do Mar do Norte, informações baseadas na obra de Ptolomeu. Da mesma forma, outra informação importante sobre a história dos Frísios é baseada em relatos de outro homem da antiguidade, Plínio, o Velho, registrou a conquista dos Frísios pelos romanos, comandados por Nero Cláudio Druso, no final do século I a.C.. Os Frísios ainda tentaram promover vários levantes e se revoltaram pela dominação, mas as informações tornam-se muito obscuras nesse período.

Do século I a.C. ao século V, a história dos Frísios ainda é um mistério para os historiadores. Durante esse longo tempo não deixaram registros concretos de suas atividades ou, pelo menos, ainda não foram descobertos. Tudo que se sabe é que tal povo continuou existindo com a opressão e dominação do Império Romano. Uma nova luz sobre sua história só ocorreria através do contato dos Frísios com os reinos merovíngio e carolíngio.

O século V apresenta novamente relatos convincentes das atividades dos Frísios. Naquela época os anglo-saxões estavam desenvolvendo um processo de migração que passou pelo território dos Frísios para depois invadir a Grã-Bretanha. Os Frísios aproveitaram tal ocasião para se unirem aos anglo-saxões e inseriram-se no processo de migração. Porém alguns Frísios permaneceram no território tradicional e passaram a ocupar as áreas deixadas pelos anglo-saxões. A expansão dos Frísios continuou nos séculos VI e VII, quando encontraram sua maior expansão territorial na história que ficou conhecida como Frísia Magna.

Os registros finais da história dos Frísios demonstram que o reino franco promoveu uma opressão e dominação sobre eles. Foram os francos que obrigaram os Frísios a se converterem ao cristianismo. Após isso, contudo, não há informações precisas do desaparecimento de tal povo.

Fonte:
http://academiabritanica.com.br/page13.php?category=4

Arquivado em: Povos Germânicos