Síndrome de Amok

A síndrome de Amok é definida pela psiquiatria como uma explosão súbita e espontânea de raiva intensa, que leva o indivíduo a atacar indiscriminadamente outros seres vivos (pessoas e animais) que aparecerem no seu caminho. Por fim, o indivíduo que sofre com essa síndrome comete suicídio.

Foi descrita pela primeira vez em 1972, pelo psiquiatra estadunidense Joseph Westermeyer. O nome é oriundo do termo malaio meng-âmok, que significa “atacar e matar com ira cega”.

Há um pouco mais de uma década, em abril de 2002, um estudante de 19 anos, Robert Steinhäuser, entrou em uma escola secundária em Erfurt, na Alemanha, atirando em alunos e professores por ter sido expulso da escola, vitimando 16 pessoas, comento suicídio subsequentemente. Pesquisas têm revelado que a maior parte desses assassinos apresenta perfil similar, sendo que quase todos são provenientes de famílias financeiramente estáveis, vivem em cidades pequenas, apresentem reputação de excêntricos, sofrem muito bullying no período de vida escolar e quase nunca possuem amigos. Somando-se a isso, há a pressão exercida pela família sobre esses indivíduos.

Por apresentarem incapacidade de atender a demanda de seu ambiente, passam a criar um mundo ficcional. A maioria dos indivíduos que sofrem deste transtorno apresentam grande afinidade com o teatro, buscando de forma desesperada por uma definição de si mesmo, o seu próprio papel.

Estudiosos da área acreditam que o número de casos da síndrome de amok tem aumentando nos últimos tempos em decorrência da cobertura da mídia e também pelos jogos virtuais violentos, fazendo com que esses indivíduos se afundem nesse mundo virtual, facilitando no isolamento de seus sentimentos.

Os indivíduos com esta síndrome costumam imitar alguém. Tipicamente usam roupas militares, visando disseminar pânico, além de almejarem alcançar o máximo de cobertura da mídia, por serem pessoas altamente inseguras.

Fontes:
http://www.dw.de/el-síndrome-de-amok-o-la-locura-asesina/a-15861697
http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%ADndrome_de_Amok

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Psiquiatria, Síndromes