Formação de Sais em Reações de Neutralização

Licenciatura Plena em Química (Universidade de Cruz Alta, 2004)
Mestrado em Química Inorgânica (Universidade Federal de Santa Maria, 2007)

A volumetria de neutralização pode ser utilizada para determinação de fórmulas químicas. Segundo as equações:

NaOH  +  HCl  →  NaCl  +  H2O
Mg(OH)2  +  2HCl  →   MgCl2  +  2H2O
Al(OH)+  3HCl   →   AlCl3  + 3H2O

Observa-se que base e ácido reagem dando origem ao sal na proporção estequiométrica de:

1 mol de NaOH                   1 mol de HCl                       1 mol de NaCl
1 mol de Mg(OH)2              2 mols de HCl                     1 mol de MgCl2
1 mol de Al(OH)3                3 mols de HCl                     1 mol de AlCl3

Procedimento Experimental

  • A. Titula-se 6 ml (6.10-4 mols; 2,4.10-2 g) de NaOH (0,1M) com HCl (0,1M), utilizando fenoftaleína como indicador até o desaparecimento da coloração rósea. Observa-se o volume, a massa e o número de mols do ácido consumido para neutralização completa da base e formação do sal.
  • B. Titula-se 6 ml (6.10-4 mols; 3,49.10-2 g) de Mg(OH)2 (0,1M) com HCl (0,1M) de maneira idêntica a anterior. Observa-se o volume, a massa e o número de mols do ácido gasto na neutralização total da base e formação do sal.
  • C. Titula-se 6 ml (6.10-4 mols; 4.67.10-2 g) de Al(OH)3 (0,1M) de modo idêntico aos procedimentos realizados anteriormente. Observa-se o volume, a massa e o número de mols do ácido consumido para neutralização da base e produção do sal.

OBS. O hidróxido de magnésio, Mg(OH)2, deve ser titulado por volumetria indireta, segundo HARRIS, 1999, não sendo este método de análise considerado neste texto.

Os resultados encontrados referentes aos procedimentos experimentais são reunidos na tabela abaixo.

Dados de procedimento

Experimento

A

B

C

Massa em gramas da BASE titulada

2,4.10-2

3,49.10-2

4.,67.10-2

Volume me ml da BASE titulada

6

6

6

Nº de mols titulados da BASE

6.10-4

6.10-4

6.10-4

Massa em gramas consumida do ÁCIDO

2,19.10-2

4,38.10-2

6,57.10-2

Volume em ml consumido do ÁCIDO

6

12

18

Nº de mols gasto do ÁCIDO

6.10-4

1,2.10-3

1,8.10-3

Concentração do ÁCIDO e da BASE em móis/litro

0,1

0,1

0,1

Proporção entre ÁCIDO e BASE referente ao nº de mols

1:1

2:1

3:1

SAL produzido

NaCl

MgCl2

AlCl3

Número de ligações feitas pelo METAL

1

2

3

Questionamentos sugeridos

  • A. Sendo o ácido e a base de concentração equimolar, por que o consumo de ácido em número de mols é diferente nos três procedimentos?
  • B. É possível informar o número de ligações químicas que fazem os metais sódio, magnésio e alumínio com o ametal cloro pelo consumo do ácido para neutralização da base?
  • C. Analisando a posição ocupada pelos referidos metais na Tabela Periódica, pode-se predizer os resultados obtidos no experimento?

Referências:
HARRIS, Daniel c.; Análise Química Quantitativa, Ed. LTC, Rio de Janeiro/RJ – 1999.
RUSSELL, John B.; Química Geral vol.1, São Paulo: Pearson Education do Brasil, Makron Books, 1994.
MAHAN, Bruce M.; MYERS, Rollie J.; Química: um curso universitário, Ed. Edgard Blucher LTDA, São Paulo/SP – 2002.

Arquivado em: Reações Químicas