Bacillus thuringiensis

A espécie Bacillus thuringiensis é uma bactéria gram-positiva, que normalmente habita os solos, mas também pode ser encontrada no intestino de lagartas de espécies de borboletas ou ainda sobre a parte escura na superfície de um vegetal.

Seu uso social é muito comum para o controle de pragas, pois é um potente pesticida. Mesmo apesar disso, não traz nenhum (ou quase nenhum) malefício aos humanos, animais pastores ou polinizadores. Portanto, é um pesticida ecologicamente correto. Porém, expor demais uma plantação à esse recurso por de induzir inicialmente uma tolerância e mais tarde uma resistência, por parte da praga-alvo.

Hoje os grandes laboratórios já dominam as técnicas de reprodução desta bactéria e a extração das proteínas (em forma de cristais) que produzem. Com isso desenvolvem os pesticidas. É um processo de baixo custo, se levarmos em consideração a produção dos inseticidas bioquímicos agrícolas, e por isso se torna viável e pode ser facilmente produzido em larga escala, além de ser eficaz.

As toxinas da Bacillus thuringiensis estão presentes nas folhas da amostra de baixo. Em cima, a planta é destruída por larvas na ausência das toxinas.

Fontes:
http://www.catalogosnt.cnptia.embrapa.br/catalogo20/catalogo_de_produtos_e_servicos/arvore/CONT000fk2mg0us02wyiv80u57ezk13poea3.html
http://en.wikipedia.org/wiki/Bacillus_thuringiensis
http://pt.wikipedia.org/wiki/Bacillus_thuringiensis

Arquivado em: Reino Monera