Sistema Venoso

Por Marcelo Oliveira
O sistema venoso é formado por veias, responsáveis em trazer o sangue pobre em oxigênio até o coração, através de um fluxo sanguíneo, e transportar o sangue rico em oxigênio dos pulmões para o coração através da veias pulmonares. Esse sistema é dividido em duas partes: sistema venoso periférico e sistema venoso abdominal.

Sistema Venoso Periférico

O sistema venoso periférico é composto pela maioria das veias do organismo, ele tem a função de irrigar todos os tecidos. Essas veias originam-se da fusão de vênulas, que vão ficando cada vez mais calibrosas, e segue até o átrio direito do coração, levando até ele o sangue pobre em oxigênio. De lá, o fluxo sanguíneo segue para o ventrículo direito e depois para os pulmões, pelas artérias pulmonares, o sangue enviado do átrio direito para o ventrículo direito não consegue retornar pois entre eles há uma válvula chamada tricúspide que impede esse retorno. Este circuito percorrido pelo sangue é conhecido como pequena circulação ou circulação pulmonar.

Esquema de Sistema Venoso (arte: Marcelo Oliveira)

Esquema de Sistema Venoso (arte: Marcelo Oliveira)

O coração recebe esse sangue diretamente de duas grandes veias, que desembocam no átrio direito, a veia cava superior e a veia cava inferior.

A veia cava superior tem cerca de 7,5 cm de comprimento e 2 cm de diâmetro. A veia cava inferior é a maior veia do corpo, formada pelas duas veias ilíacas comuns, responsáveis pelo recolhimento do sangue da região pélvica e dos membros inferiores.

É possível ainda distinguir no sistema venoso periférico dois tipos de veia: as superficiais e as profundas.
As veias superficiais circulam muito perto da superfície do corpo e são visíveis por baixo da pele, enquanto que as profundas circulam entre os músculos. O fluxo sanguíneo percorre das veias superficiais para as profundas através das veias comunicantes, responsáveis pela comunicação entre as outras primeiras.

Sistema Venoso Abdominal

O sistema venoso abdominal é o responsável pela coleta das substâncias nutritivas absorvidas no tubo digestivo. Suas veias confluem e formam a veia porta para penetrar no fígado, através da veia supra-hepatica ou cava inferior, onde o sangue sofrerá uma série de transformações antes de chegar no fígado. Em outras palavras, o fígado atua como um verdadeiro filtro entre o tubo digestivo e o coração.

O sangue oxigenado segue caminho através das veias pulmonares, chegando ao átrio esquerdo, passando pelo ventrículo esquerdo e para o corpo através da artéria aorta. A distribuição de sangue do coração para todo o corpo é chamado de grande circulação ou circulação sistêmica. O sangue não consegue retornar do ventrículo esquerdo para o átrio esquerdo devido a presença da valva mitral.

Há quatro veias pulmonares, superior direita, inferior direita, superior esquerda e inferior esquerda, que irão recolher sangue venoso dos segmentos pulmonares. As veias pulmonares são a exceção no sistema venoso, já que são as únicas a transportarem o sangue oxigenado.

Fontes:
Lopes, Sônia e Rosso, Sérgio. Biologia – Volume único, São Paulo – SP: Editora Saraiva, 2005.
Levada, Miriam M. O., Fieri, Walcir J. e Pivesso, Mara Sandra G.. Apontamentos Teóricos de Citologia, Histologia e Embriologia, São Paulo: Catálise Editora, 1996.
http://pt.wikipedia.org/wiki/veia. acesso em 25 de novembro de 2009
http://www.mediapedia.pt/home/home.php?module=articule=artigoEnc&id=99. acesso em 25 de novembro de 2009