Jean Piaget

Jean Piaget nasceu no dia 09 de agosto de 1896, na cidade de Neuchâtel, no Cantão francês, localizado na suíça e morreu nom ano de 1980, na Genebra.

Embora adolescente Piaget tornou-se internacionalmente prestigiado por conta da edição de vários trabalhos escritos sobre a importância dos moluscos – terceira grande classe do reino animal que abrange criaturas de corpo mole, quase sempre recoberto por uma concha calcária, sendo que alguns são dotados de movimento – cujo progresso, indicado pelos fósseis - restos ou vestígios preservados de animais, plantas ou outros seres vivos em rochas ou sedimentos - era a pista para se assinalar à idade das camadas das rochas em seu período.

Suas pesquisas chamaram a atenção para a pesquisa petrolífera que era intensa no começo do século e acredita-se que Piaget tenha tomado gosto pelos assuntos relacionados à evolução e que viria a usar na elaboração dos testes para medir a inteligência infantil a que se aplicaria com esmero em uma outra etapa de sua vida.

Piaget terminou seus estudos universitários formado em Biologia pela Universidade de Neuchâtel, no ano de 1915; fez doutorado em Ciências Naturais na mesma instituição, no ano de 1918 e logo após foi morar em Zurique com o intuito de instruir-se na área de Psicologia.

A grande oportunidade, em 1919, de prestar serviço no laboratório de testes de Alfred Binet – grande pedagogo e psicólogo francês e autor da primeira avaliação de inteligência baseada nos contemporâneos testes de QI –, em Paris, foi crucial para definir seu rumo científico.

Foi pesquisando e procurando tornar perfeito os testes de QI que Piaget iniciou suas investigações sobre as etapas de maturação do intelecto na criança.

No ano de 1921, Eduardo Claparéde – psicólogo e diretor do Instituto Jean-Jacques Rosseau, em Genebra, destinado à preparação de docentes – admirado com uma matéria de Piaget a respeito da compreensão fácil, nítida e perfeita da criança, lhe convidou a trabalhar no instituto como pesquisador. Durante sua estadia no instituto editou, em 1923, sua primeira obra intitulada “A Linguagem e o Pensamento da Criança”.

Em 1924 casou-se com Valentine Châtenay, até então sua assessora, com quem teve três filhas, Jacqueline (1925), Lucienne (1927) e Laureni (1931); Piaget acompanhou a evolução mental de suas filhas e a expôs minuciosamente.

As conclusões alcançadas com a experiência realizada com suas próprias filhas, desde o dia em que nasceram até perto dos 02 nos (período batizado por Piaget de “Sensorio-motor”), foram editados em 02 volumes denominados “O Naissance de I’ intelligence chez I’ enfant (“O nascimento da inteligência da criança”), em 1936, e “La construction du réel de I’enfant (“A construção de o real na criança"), em 1936.

Mais tarde Piaget substituiu Claparede – famoso psicólogo e neurologista do desenvolvimento infantil, já falecido – na função de diretor e docente na Universidade de Genebra, onde ensinou História do Pensamento Científico, Psicologia e Sociologia.

Os resultados obtidos da observação da conduta de seus próprios filhos, que abarcaram o período desde o nascimento até aproximadamente 02 anos (período que Piaget designou "sensorio-motor"), foram publicados em 2 volumes: O Naissance de l' intelligence chez l' enfant ("O nascimento da inteligência da criança"), de 1936, e La construction du réel de l'enfant ("A construção de o real na criança"), de 1936. Mais tarde Piaget sucedeu Claparede como diretor e como professor na universidade de Genebra onde lecionou História do Pensamento Científico, Psicologia e Sociologia.

Em 1946, com o fim da guerra, Piaget tomou parte na fundação da UNESCO – Órgão das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura – ajudando na preparação de seu estatuto e atuando como membro do conselho executivo.

No ano de 1950 editou o primeiro resumo de seus princípios básicos e elementares do conhecimento denominado: “Introdução à Epistemologia Genética”.

Em 1952 foi nomeado professor na Sorbone, local em que trabalhou até 1963.

Os testes empregados por Piaget em crianças praticamente recém-nascidas, ocorridos no Centro Internacional por ele fundado em Genebra, comprovaram que as habilidades para o entendimento passam por uma série progressiva de transformações que levam em conta o progresso corpóreo da criança.

Piaget demarcou quatro etapas de evolução na forma de pensar das pessoas, que vão do começo da sua juventude até chegar ao seu desenvolvimento físico.

A primeira etapa já foi explicada acima, a “Sensório-motor”; O segundo estágio foi chamado de Pré-operacional, abrange dos dois aos sete anos; o terceiro estágio abrange dos sete aos doze anos e o quarto estágio pega dos doze anos até a idade adulta.

Arquivado em: Biografias