Jean Piaget

Graduada em Pedagogia (UNESA-RJ, 2011)

Jean William Fritz Piaget, psicólogo, biólogo e filosofo, nasceu em Neuchâtel, Suíça, em 9 de agosto de 1896. É mundialmente conhecido por seu trabalho sobre a inteligência e o desenvolvimento infantil, sendo base para inúmeros estudos em psicologia e pedagogia até os dias atuais. Na maior parte de sua carreira, Piaget interagiu com crianças, observando e estudando os processos de desenvolvimento na infância, fundando, assim, a Epistemologia Genética e a Teoria do Conhecimento.

Durante a infância, Piaget já demonstrava ser um prodígio, seu interesse por História natural aflorou muito cedo e, aos 11 anos de idade, desenvolveu e publicou seu primeiro trabalho cientifico, onde relatava sua observação de um pardal albino.

Sua carreira acadêmica começou na Universidade de Neuchâtel, onde estudou Biologia e Filosofia, recebendo seu doutorado em Biologia em 1918, quando ainda tinha 22 anos de idade.

Busto de Jean Piaget (Genebra, Suíça). Foto: EQRoy / Shutterstock.com

Posteriormente, passou a se dedicar a Psicologia, atuando como epistemologia, cognitivista. Lecionou no curso Psicologia na Universidade de Genebra entre 1929 e 1954.

O objetivo central da teoria de Piaget baseia-se em estudar a gênese dos processos mentais do indivíduo, como tais processos são construídos desde a infância. Para ele, o conhecimento seria o resultado das interações entre o sujeito e o objeto.

Em seus trabalhos, Piaget defendia que o desenvolvimento do indivíduo se dava a partir de sua ação sobre o meio em que este estava inserido, recebendo influencias também de fatores biológicos em seu desenvolvimento mental.

Além disso, Piaget denominou quatros estágios do desenvolvimento cognitivo na infância, sendo cada estágio caracterizado como um período de comportamentos e pensamentos específicos da criança. Os quatro estágios do desenvolvimento são denominados por Piaget como: sensório-motor, pré-operatório, operatório concreto e operatório formal.

Piaget observou e descobriu, em seus estudos sobre a infância, que o raciocino da criança se difere dos adultos, levando-o a criar uma abordagem educacional voltada para a esse período. Sua descoberta acarretou na reconstrução da pedagogia tradicional, que acreditava que a mente da criança era como um receptáculo vazio, sendo preenchido pelo conhecimento que lhe era depositado. Os estudos de Piaget acerca do desenvolvimento mudaram a forma de se enxergar a infância e o desenvolvimento do sujeito, sendo considerados como umas das mais importantes contribuições para a Psicologia e Pedagogia na história.

As obras de Piaget também serviram como base para Seymour Papert, na Ciência da Computação, para o desenvolvimento da linguagem de programação.

Piaget teve três filhas, que tiveram um papel importante no desenvolvimento de sua teoria. Recebeu em 1936 o titulo de “Doutor Honoris Causa” pela Universidade de Harvard, fundou o Centro Internacional para Epistemologia Genética em 1955. Piaget publicou, durante sua vida, centenas de artigos e livros, tornando-se reconhecido mundialmente por sua revolução epistemológica e base fundamental para a educação.

Piaget morreu em Genebra, em 17 de setembro de 1980.

Arquivado em: Biografias