Psilotales (Filo Psilotophyta)

Este grupo é muito pequeno e contém apenas dois gêneros: Psilotum e Tmesipteris, e são plantas muito simples.

Morfologia

Os representantes do gênero Psilotum não apresentam raízes e folhas, e as clorofilas encontram-se na superfície do caule. A água e os sais minerais são absorvidos por rizóides. O esporófito é pequeno, ramificado dicotomicamente.

O sistema condutor possui um cilindro delgado de traqueídes.

Os representantes do gênero Tmesipteris possuem apêndices com formato de folha e vivem sobre plantas, como algumas samambaias.

Reprodução

Os esporos são de um tipo apenas, ou seja, são homosporadas, e após germinarem originam gametófitos bissexuados subterrâneos que fazem simbiose com fungos.

O gameta masculino é multiflagelado e chamado de anterozóide, logo é dependente de água para fecundar a oosfera.

Arquivado em: Biologia