Água nos Seres Vivos

Por Fabiana Santos Gonçalves
Os seres vivos possuem mais de 70% de água em seu corpo. Essa porcentagem varia em cada tipo de célula e com a idade do organismo. Por exemplo, o cérebro tem quase 4x mais água do que os ossos, e os tecidos embrionários têm muito mais água que as células adultas, pois a taxa de água decresce conforme aumenta a idade do organismo.

A quantidade de água também pode variar conforme a espécie: os seres humanos possuem aproximadamente 63% de água em sua composição, e as águas-vivas, 98%.

Estrutura molecular da água

A molécula de água é formada por 2 átomos de hidrogênio (H) e 1 átomo de oxigênio (O), ligados através de ligação covalente simples.

H – O – H

A ligação entre esses átomos (oxigênio ligado a dois átomos de hidrogênio) forma um ângulo de 104,5° (centro e quatro graus e meio).

Mesmo que a molécula de água tenha carga elétrica total igual a zero, na região do oxigênio ela possui carga elétrica parcial negativa (δ-) e carga elétrica parcial positiva (δ+) na região do hidrogênio, tornando-se polarizada.

Com isso, os átomos de hidrogênio de uma molécula atraem átomos de oxigênio da molécula vizinha, na sua região polarizada. Esta atração/ligação é chamada de ponte de hidrogênio.

As pontes de hidrogênio permitem que haja uma outra propriedade interessante chamada coesão, responsável pela forma líquida e sólida (gelo) dá água.

As pontes de hidrogênio da água líquida se rompem e se refazem com muita facilidade, permitindo que ela seja fluida e esteja em constante rearranjo.

Fontes
Amabis, José Mariano. Biologia. Volume 1. Editora Moderna.