Sopro no Coração

Por Débora Carvalho Meldau
O sopro cardíaco é um som produzido durante a passagem sanguínea através das estruturas do coração, em especial no caso de válvulas cardíacas anormais, gerando um ruído diferente do normal. O sopro varia de bem fraco a muito alto. Não chega exatamente a ser uma doença, pode ser normal ou pode ser sinal de que alguma coisa está errada no organismo.

Existem dois tipos de sopro no coração:

  • Sopro cardíaco inocente ou funcional: a paciente com este tipo de sopro geralmente possui um coração normal, sendo que raramente apresenta algum problema cardíaco; é muito comum em crianças saudáveis.
  • Sopro cardíaco anormal: o paciente que apresenta este tipo de sopro, geralmente possui outro problema cardíaco. Quando em crianças, esta anormalidade se deve a defeitos cardíacos congênitos. Já nos adultos, este problema é consequência de problemas na válvula do coração causados por infecção, doença ou envelhecimento.

Escuta-se o sopro no coração inocente como barulhentos movimentos em um coração normal e pode ser causado em consequência de um fluxo sanguíneo mais rápido do que o normal através do coração e vasos sanguíneos ligados a ele; pode também ser devido à uma maior quantidade sanguínea presente neste órgão. Estas anormalidades circulatórias podem ocorrer em casos de febre, anemia e hipertireoidismo. Casos de sopro cardíaco inocente podem ocorrer em mulheres grávidas devido à quantidade aumentada de sangue que o corpo produz durante este período.

Já  o sopro cardíaco anormal, a causa mais comum são os defeitos cardíacos congênitos, que acontecem quando as válvulas do coração ou algum vaso sanguíneo ligado a este órgão apresentam um desenvolvimento anormal durante o período de gestação. Os defeitos cardíacos mais comuns são: defeitos septais congênitos e defeitos congênitos nas válvulas. Existem outras condições que acabam por danificar estruturas do coração, podendo resultar em sopro, como: febre reumática, endocardite e calcificação das válvulas devido ao envelhecimento.

Quando a pessoa é portadora do sopro cardíaco inocente, ela normalmente não apresenta outros sintomas cardíacos, mas quando o paciente é portador do sopro cardíaco anormal, há sinais de problemas cardíacos, como: cianose, batimento cardíaco acelerado, excessiva transpiração, dor no peito, tontura, falta de ar, desmaios e fadiga, sendo que estes sintomas vão depender da causa e da gravidade do problema que causa esta anormalidade.

O tratamento no caso do sopro cardíaco inocente, normalmente não  é realizado, apenas são tratadas as doenças que podem causá-lo, como febre, anemia e hipotireoidismo. Quando for o caso de um sopro cardíaco anormal o tratamento vai variar de acordo com cada problema específico, podendo ficar apenas na medicação ou até mesmo intervenção cirúrgica.

Fontes:
http://www.coracaosaudavel.com/?p=416
http://www.babycor.com.br/sopro.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Sopro_card%C3%ADaco
http://www.copacabanarunners.net/sopro.html

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.