Hidróxido de Magnésio

Por Mayara Lopes Cardoso
O hidróxido de magnésio é uma base fraca, cuja fórmula química é Mg(OH)2, sólido em condições ambientes, de cor branca, pouco solúvel em água. Pode ser obtido por meio da reação de sulfato de magnésio com solução aquosa de hidróxido de sódio, ou, ainda, pela reação de sais de magnésio com hidróxido de potássio ou de amônio.

Entre as principais aplicações do hidróxido de magnésio, podemos citar o refino do açúcar, a produção industrial de papel e celulose e o processamento de urânio. Na indústria do plástico e da espuma, o hidróxido de magnésio atua como agente retardante de chama, tendo a função de minimizar a possibilidade de combustão e o alastramento da chama em materiais plásticos. O hidróxido de magnésio pode, ainda, ser utilizado como agente precipitante no tratamento de efluentes removendo íons de metais pesados.

Disperso em água, a uma concentração próxima de 7%, o hidróxido de magnésio forma uma suspensão muito conhecida como leite de magnésia. Por ser alcalino, o leite de magnésia é utilizado como antiácido, neutralizando o excesso de acidez estomacal. Essa suspensão também possui propriedades laxativas: reagindo com o ácido clorídrico (HCl) presente no suco gástrico, é produzido, além da água, o cloreto de magnésio (MgCl2), substância deliquescente (capaz de absorver água), o que lubrifica as parede intestinais e elimina a prisão de ventre.

Além dos antiácidos e laxantes, o leite de magnésia também é comumente usado com redutor da oleosidade da pele, devido à sua adstringência. Os odores desagradáveis da transpiração, provocados pela presença de alguns ácidos carboxílicos no suor, podem ser eliminados utilizando-se o leite de magnésia, por meio de uma reação de neutralização. É frequente, ainda, o uso do leite de magnésia na produção do primer, um tipo especial de tinta para preparo de superfícies.

Essa base pode ser encontrada naturalmente sob a forma do mineral brucita, que recebeu este nome em homenagem ao mineralogista estadunidense Archibald Bruce. A brucita é muito empregada industrialmente na produção do magnésio metálico e da magnésia.

Referências
http://www.mspc.eng.br/quim2/cpin130.shtml#mgoh2
http://pt.wikipedia.org/wiki/Hidr%C3%B3xido_de_magn%C3%A9sio
http://www.pdamed.com.br/diciomed/pdamed_0001_09226.php