Osteólise

O termo osteólise (osteo=osso; lise=quebra) refere-se à redução da massa óssea, em decorrência da reabsorção da mesma pelos osteoclastos.

Esta condição ocorre mais frequentemente nos ossos do quadril, membros inferiores, tórax e coluna. Surge quando não estão sendo produzidas células ósseas suficientes para substituir as células antigas, que sofreram reabsorção.

Dentre os vários fatores que podem levar à osteólise, estão:

  • Neoplasias ósseas e mieloma (câncer da medula óssea);
  • Metástases de neoplasias;
  • Inflamação das articulações (artrite);
  • Cirurgia de substituição articular.

Existem outros fatores que aumentam o risco do surgimento de osteólise, como:

  • Idade e sexo: é mais frequente em homens, especialmente com idade avançada. Ao passo que envelhecem, os hormônios masculinos diminuem, levando, consequentemente, à redução da massa óssea.
  • Genética: alguns genes podem conter mutações que predispõe o surgimento de osteólise.
  • Exercícios de alto impacto após a substituição de uma articulação: deve-se evitar exercícios que envolvam corrida e saltos.
  • Peso em excesso: o peso extra leva ao aumento da pressão nos ossos.

No começo, é possível que o indivíduo seja assintomático. Contudo, o paciente provavelmente sentirá dor em algum ponto da evolução clínica da doença. Nos casos de presença de implante, a dor costuma surgir somente quando há a soltura do mesmo, ou fratura no local.

O diagnóstico é feito por meio do histórico clínico, juntamente com exames laboratoriais, como exames de sangue e biópsia do tecido ósseo, além de exames de imagem, como radiografias, tomografia computadorizada, ressonância magnética ou tomografia por emissão de pósitrons (PET-CT ou PET scan).

O tratamento pode ser medicamentoso ou cirúrgico. Os fármacos utilizados incluem anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) ou corticosteroides. No caso cirúrgico, pode ser realizado o reparo da fratura ou a substituição da articulação. O uso de bifosfonatos é útil na prevenção do surgimento da osteólise.

Fontes:
http://www.drugs.com/cg/osteolysis.html
http://en.wikipedia.org/wiki/Osteolysis

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Doenças