Consumidores

Todos os organismos envolvidos na cadeia alimentar possuem algumas funções e podem ser classificados de acordo com essas funções. De modo bem abrangente os organismos das cadeias alimentares podem ser classificados em decompositores, produtores e consumidores. Os consumidores são considerados heterotróficos, pois dependem de outros organismos para obterem sua energia. Entre os organismos consumidores estão os seres decompositores, onívoros, carnívoros e herbívoros. Sendo assim, os humanos fazem parte do grupo de seres consumidores.

Os organismos consumidores estão classificados de três maneiras: consumidores primários, secundários e terciários.

  • Consumidores primários - são os animais que se alimentam de organismos considerados produtores (plantas e vegetais). Assim, podemos incluir as vacas, os cavalos, os esquilos, animais herbívoros em geral, no grupo de consumidores primários.
  • Consumidores secundários – seguindo o raciocínio das cadeias alimentares, os consumidores secundários são os que se alimentam dos consumidores primários, encaixam-se nesse grupo os animais carnívoros e os onívoros.
  • Consumidores terciários – A classificação de consumidor terciário é um pouco mais recente, e nela se encaixam os grandes predadores, podem ser tubarões, baleias, crocodilos, e se levarmos em consideração alguns milhões de anos atrás, os maiores predadores já conhecidos do planeta, que foram os grandes répteis, os dinossauros.

Esses organismos também podem ser classificados como consumidores diretos e consumidores indiretos. O primeiro se beneficia diretamente do organismo consumido, uma vaca comendo grama, por exemplo. O segundo se beneficia indiretamente, um leão comendo uma zebra, e essa zebra se alimentou de vegetais, portanto o leão estará consumindo esses vegetais e aproveitando os nutrientes deles, por exemplo.

Alguns consumidores podem se encaixar em mais de uma classificação, como consumidores diretos e indiretos e como primários e secundários. Este é o caso do ser humano.

Se pensarmos nesse instante em organismos consumidores no planeta Terra, nós homens estamos no topo da cadeia alimentar, atingimos o topo não por sermos naturalmente o animal mais forte, e sim por sermos o animal mais inteligente. Conseguimos nos manter vivos e evoluindo de maneira que não fiquemos expostos em batalhas territoriais ou batalhas para sobrevivermos. Porém, se pensarmos em um homem não inteligente, ou em um planeta sem o homem, a cadeia alimentar terá no topo o animal que melhor se adaptar, e muito provavelmente seriam os melhores e maiores caçadores que ocupariam esse lugar, grandes mamíferos, por exemplo.

Entre os maiores seres consumidores do planeta estão as baleias cachalote, as sucuris, as orcas, os crocodilos, os tubarões branco, a jibóia, os jacarés-açu, os tigres e os leões, esses são 9 dos 10 maiores animais vivos. No Brasil estão presentes 2 dos maiores consumidores do planeta, são eles, os jacarés-açu e as jiboias, além deles, o Brasil conta com diversas espécies de onças, que são exímias caçadoras noturnas e se encaixam nesse grupo.

Referências bibliográficas:
http://www.enchantedlearning.com/subjects/foodchain/
http://www.icmbio.gov.br/cenap/carnivoros-brasileiros.html

Arquivado em: Ecologia