Ecovila

As ecovilas são assentamentos completos, consideradas comunidades sustentáveis, que visam um estilo de vida social harmônico e sustentável.

Foi definida pela primeira vez por Robert Gilman como:

“Ecovila é um assentamento de escala humana, multifuncional, no qual as atividades humanas são integradas sem danificação ao mundo natural, de forma a apoiar o desenvolvimento humano saudável, podendo continuar no futuro indefinido.”

É uma sociedade marcada pela união de pessoas que acreditam na essência amorosa dos seres humanos. Características como o individualismo, a violência, a competição, a desconfiança, o poder, o controle e a apropriação, muito comuns na cultura ocidental, são vetadas nestas comunidades. Priorizam o amor, a solidariedade, a transparência, o respeito e a confiança que unem os homens a viverem melhor.

São modelos excelentes de vida sustentável de baixo impacto na natureza que englobam aspectos ecológicos, sociais, culturais e espirituais, importantes no desenvolvimento comunitário e pessoal. Possuem como meta "não tirar da Terra mais do que podem devolvê-la".

A permacultura é muito utilizada nas ecovilas, e são métodos de design ambientalmente sustentáveis e financeiramente viáveis. Os habitantes, suas moradias e o meio ambiente fazem parte de um mesmo e único organismo vivo. Portanto, na permacultura os homens, as plantas, os animais, construções, infra-estrutura fazem parte de um grande sistema.

 

A água é vital para todos os seres vivos e é um bem natural muito valorizado nas ecovilas. Nestas comunidades há uma grande preocupação com o abastecimento adequado de água e seu tratamento. Geralmente nestas comunidades toda a água da chuva é aproveitada e passa por um processo de filtração por biofiltros hidropônicos de areia, aguapé, carvão e brita. A filtração pode ser feita também por meio de leitos filtrantes com lírio do mato ou taboa e areia. Para consumo, os filtros de barros são bastante utilizados.

É muito comum encontrar em uma ecovila o banheiro seco. Neste banheiro todos os dejetos ficam armazenados em uma caixa contendo serragem e minhocas. Com o tempo, virarão fertilizantes ricos que serão aproveitados em outras funções.

Para evitar desperdícios e conservar energia elétrica, busca-se a utilização de formas mais econômicas e ecológicas de captação de energia geradas por moinho de água, painéis solares, biogás, geradores eólicos, entre outras fontes.

O uso de transportes que utilizam combustíveis fósseis são usados somente em grandes distâncias e o uso de bicicleta, transporte coletivo, sistema de carona, entre outros, ajudam a diminuir os custos e reduzir a poluição.

A produção orgânica e permanente dos alimentos é uma atividade muito comum nas ecovilas, onde obtém da natureza alimentos saudáveis sem prejudicá-la, sendo um dos princípios da permacultura.

As construções são rigorosamente avaliadas, utilizando-se de materiais menos agressivos a natureza. Materiais como tijolos-ecológicos, construções com cob fardos de palha e barro, taipa de pilão, pau-a-pique, e vários outros materiais são opções utilizadas em Ecovilas.

A Rede Global de Ecovilas (GEN), criada em 1995, pretende expandir este estilo de vida em várias partes do mundo. Em alguns países da Europa, Austrália, África do Sul, América do Norte e América do Sul contém o movimento das Ecovilas. No Brasil existem algumas comunidades como a Ecovila de Pirenópolis, localizada em Goiás.

Referências Bibliográficas:
http://permacoletivo.wordpress.com/
http://www.rts.org.br/noticias/destaque-2/ecovila-a-vida-com-emissao-zero-ou-quase
http://www.clareando.com.br/interno.asp?conteudo=ecovila
http://pt.wikipedia.org/wiki/Permacultura
http://pt.wikipedia.org/wiki/Ecovila