Energia Nuclear

Por Emerson Santiago
É chamada de energia nuclear ou termonuclear aquela baseada na divisão de átomos de um determinado elemento químico. Ao serem divididos, os átomos liberam uma determinada energia. Para a produção de energia elétrica destinada ao consumo, ficou convencionado que os melhores átomos a serem divididos seriam os dos elementos urânio e o plutônio, com maior preferência para o primeiro. A liberação de energia dos átomos desses elementos é de uma grandeza maior, podendo assim, ter um melhor aproveitamento.

Uma das alternativas energéticas disponíveis no mundo, a energia nuclear levantou diversas questões ao longo das últimas décadas com relação à sua utilização de forma segura. Ainda hoje a inauguração de centrais energéticas que se utilizam da energia termonuclear são cercadas de polêmica e protestos vindo de diversas correntes da sociedade, devido ao risco, sempre presente, deste tipo de energia escapar ao controle dos operadores e causar destruição e morte às áreas vizinhas. As tragédias de Three Mile Island, nos EUA, Chernobyl, na Ucrânia (então parte da antiga União Soviética) e mais recentemente o ocorrido na usina de Fukushima, cidade japonesa, receberam ampla cobertura, e causaram uma crescente rejeição por essa forma de geração de energia.

A energia nuclear também pode ser ainda utilizada na fabricação de bombas nucleares. Vários países do mundo possuem tal tecnologia, em especial os Estados Unidos e a Rússia, que possuem os maiores arsenais nucleares do mundo. O poder de devastação destas bombas é enorme, capaz de provocar a morte de enorme quantidade de pessoas, além de grande destruição material.

Desse modo, a energia nuclear apresenta diversas possibilidades de utilização, mas também grandes riscos. Torna-se importante avaliar as vantagens e desvantagens do uso de energia nuclear.

Vantagens da energia nuclear:

  • Não libera gases estufa;
  • Exigência de pequena área para construção da usina;
  • Grande disponibilidade do combustível;
  • Pequeno risco no transporte do combustível;
  • Pequena quantidade de resíduos;
  • Independência de fatores climáticos (ventos; chuvas)

Desvantagens da energia nuclear:

  • O lixo nuclear radioativo deve ser armazenado em locais seguros e isolados;
  • Mais cara, quando comparada a outras formas;
  • Risco de acidentes nucleares;
  • Problemas ambientais, devido ao aquecimento de ecossistemas aquáticos pela água de resfriamento dos reatores.

No Brasil, temos em sua maioria usinas hidrelétricas, que utilizam a força das águas em movimento para a geração de energia elétrica. Os exemplos mais famosos de usina termonuclear no país são as três usinas em funcionamento na cidade de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, Angras I, II e III.