Êxodo rural

Graduado em Geografia (Centro Universitário Fundação Santo André, 2014)

O termo êxodo rural é utilizado para caracterizar a saída da população campesina em direção a cidade, ou seja, a saída dos moradores da área rural para a área urbana. Esse processo de migração ocorre devido a busca de qualidade de vida melhor nas áreas urbanas, por maior oferta de empregos, acesso aos serviços de saúde, serviços de educação, acesso a saneamento básico, entre outros fatores que influenciam no abandono da população das áreas rurais e se destinam a chegar nas áreas urbanas.

Um dos principais motivos que levaram a um alto índice de êxodo rural por todo o mundo foi a mecanização do campo, ou seja, a chegada das máquinas para efetuar os trabalhos rurais, como a colheitadeira, a máquina de arar, tratores, entre outras máquinas que começaram a cobrir as funções que eram até então, efetuadas pelos trabalhadores rurais, fazendo com que esses perdessem seus empregos, pois uma máquina começa a realizar o trabalho que ates necessitaria de muitas pessoas, e agora só há necessidade de uma. No mesmo período em que ocorria a mecanização do campo, as indústrias estavam crescendo nas cidades, e necessitavam de mão de obra, logo esses trabalhadores rurais que até então se encontravam desempregados, tiveram nas indústrias sua oportunidade de terem um emprego novamente.

A entrada nas cidades devido a oferta de empregos, em meio ao período em que se encontravam na produção rural, levou a um crescimento desordenado e desigual das cidades, pois elas não estavam preparadas para a chegada de tanta população no curto período que esse fato ocorreu. Isso resultou na criação de moradias inadequadas, a falta de saneamento básico que atinja toda a população, serviços precários de saúde e de educação, entre outros problemas sociais, como principalmente a violência urbana.

Os fatores que impulsionam a saída do campo em direção a cidade, do rural para o urbano, são em suma maioria por melhor qualidade de vida da população, porém muitas vezes essas pessoas acabam encontrando uma qualidade de vida pior do que no campo, causando uma migração de retorno, que é muito comum nos dias atuais, pois as famílias que migraram para a cidade e trabalharam nas indústrias até sua aposentadoria, juntando dinheiro, atualmente voltam a sua origem de saída em busca de ter uma qualidade de vida melhor do que a vivida nas cidades.

No Brasil o êxodo rural ocorreu principalmente na segunda metade do século XX, quando houve a implementação das indústrias, a partir do plano de metas criado por Juscelino Kubitschek (JK). Nesse período muitas indústrias se instalaram no país, aumentando a oferta de empregos nas cidades. Também, a criação de Brasília influenciou na migração da população do norte e nordeste do país para trabalhar nas suas construções.

Arquivado em: Demografia