Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

Por Caroline Faria
O IBGE é o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, e é o responsável pelos levantamentos demográficos, pesquisas estatísticas sobre os mais variados temas (de meio ambiente à economia), manutenção de indicadores sobre o Brasil, e informações geográficas, além de ser também a fundação responsável pelo SIG (Sistema Geodésico) Brasileiro.

A história do IBGE começa em 1936, com a criação do “Instituto Nacional de Estatística e Cartografia” (INE) que, em 1938 é incorporado, junto ao “Conselho Brasileiro de Geografia” ao “Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE que inicia, então, seu primeiro projeto: a “Determinação das Coordenadas das Cidades e Vilas”.

Até 1966/67 o IBGE tinha como atribuições fixar normas para a uniformização da cartografia brasileira e consegue o feito de estabelecer, pela primeira vez, dados de coleta e tabulações do censo com base em uma referência cartográfica sistematizada (1940). Mas, em 1967 a incumbência de fixar essas normas passa ao COCAR (Comissão de Cartografia) que é inserida na estrutura do IBGE.

Mais tarde, em 1985 foi criada o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) ao qual foi submetida a COCAR que seria desativada em 1990. Mas, em 1994 o Governo cria a CONCAR (Comissão Nacional de Cartografia) que recebe apoio administrativo do IBGE e da ANEA (Associação Nacional das Empresas de Levantamentos Aeroespaciais).

Hoje, o trabalho mais conhecido do IBGE, que é o atual responsável pelo Sistema Cartográfico Brasileiro, é a realização do Censo Demográfico, uma pesquisa realizada em campo com toda a população brasileira (ou quase toda) para levantar dados como número de habitantes, renda, faixa etária da população e muitos outros dados que servem de indicadores sobre o desenvolvimento social e econômico do país.

Fontes
http://www.ibge.gov.br
http://www.ibge.gov.br/ibgeteen