Terceiro Reich

Por Emerson Santiago
Terceiro Reich foi um termo cunhado pela propaganda do regime nazista da Alemanha, e que tinha como objetivo demonstrar a grandeza do projeto de Hitler para transformar seu país em uma incontestável potência mundial.

Instalado em 1933, o governo nazista tinha por hábito glorificar o passado do povo alemão, e, de acordo com sua visão, este povo teve dois períodos de grande destaque em toda sua história, que foram o estabelecimento do Sacro império Romano-Germânico em 962, e posteriormente, a criação do Império Alemão em 1871, que consistia em uma Alemanha unificada ao modo dos estados modernos e que além disso possuía um considerável império ultramarino, com colônias na África, Ásia e Oceania. Desse ponto de vista, o Terceiro Reich proposto pelo partido nazista viria recriar os momentos de glória do povo germânico, à qual estava reservado um grande destino como líder dos outros povos na Terra.

Infelizmente, a realidade se mostrou bastante diferente do futuro glorioso prometido por Hitler. Sua receita de império incluía um militarismo absurdo, desafiando povos de toda a Europa, instalando trabalho escravo entre as comunidades dominadas, pois, estas não passavam de seres inferiores, isso sem mencionar a política de extermínio de todas as minorias para criar o "Lebensraum", ou seja, espaço vital para o desenvolvimento da superior raça ariana. Internamente, o regime ditatorial imposto não permitia qualquer contestação, e aqueles que ousavam criticar ou desobedecer às diretrizes do partido tinham punição severa.

Outro exemplo do absurdo do pensamento nazista e de sua edificação de um Reich eram as ordens do Fuhrer quando uma tropa encontrava-se no limiar da derrota. Várias vezes durante a guerra, quando a única saída racional seria render-se e salvar o soldados de um massacre grotesco, Hitler, acreditando na ilusão de um povo superior, ordenava aos comandantes lutarem até à morte, imolando grande número de vidas num sacrifício heróico, evitando assim a "vergonha" da rendição.

Como muitos escreveram, um Reich projetado para durar mil anos (de acordo com a propaganda) acabou por durar treze anos, e ao invés de trazer a glória prometida a um povo já castigado pela Primeira Guerra Mundial, trouxe mais destruição e morte do que o conflito anterior. Até hoje o atual estado alemão vez por outra é confrontado com os fantasmas desta nefasta experiência, e a civilização que deu tantas e grandes contribuições à humanidade pelas mãos de Leibniz, Goethe, Bach, Thomas Mann, Nietzsche, Hegel, Kant e tantos outros, tem que aprender a conviver com esta "mancha" em sua história.

Bibliografia:
O Terceiro Reich: Visão Geral. Disponível em: <http://www.ushmm.org/wlc/ptbr/article.php?ModuleId=10005141>. Acesso em: 09 jul. 2012.

III Reich (Império Alemão). In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2012. [Consult. 2012-07-09]. Disponível na www: <URL: http://www.infopedia.pt/$iii-reich-(imperio-alemao)>.