Neurocirurgia

Graduação em Farmácia (Universidade Braz Cubas, UBC, 2012)

neurocirurgia é a especialidade da área médica que está responsável pelo diagnóstico e tratamento de indivíduos que apresentem lesões ou patologias referentes ao cérebro, coluna, medula e nervos periféricos, e os profissionais neurocirurgiões estão encarregados de realizar esses tratamentos e cirurgias. Oficialmente esta área é definida como especialidade cirúrgica cujo tratamento pode ser cirúrgico ou não cirúrgico de doenças ou desordens do sistema nervoso central, periférico e autonômico, ou seja, esta área inclui não somente a intervenção cirúrgica como tratamento mas a prevenção, o diagnóstico, a avaliação do paciente, seu tratamento, e a reabilitação.

Dentre os inúmeros problemas que um médico especializado em neurocirurgia pode tratar estão: traumatismos cranianos; traumas na coluna vertebral; doenças vasculares cerebrais como os aneurismas e a obstrução arterial, doenças vasculares da região cervical que podem resultar em uma isquemia cerebral; dor crônica na coluna; tumores cerebrais, da coluna e medula; epilepsia; hérnias de disco; hidrocefalia; derrames; Síndrome do Túnel do Carpo entre outras.

Para se formar em neurocirurgia é necessário ter o diploma de Medicina, após os 6 anos de graduação este passará pela Residência que geralmente dura em média 5 anos onde terá matérias como Neuropatologia Neurorradiologia, Clínica Neurocirúrgica, Técnica Neurocirúrgica, Anatomia Microcirúrgica , e fundamentos de neurofisiologia clínica. Após a residência o médico receberá certificação de especialista em neurocirurgia, reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura), AMB (Associação Médica Brasileira) e CFM (Conselho Federal de Medicina). Estes especialistas são frequentemente requisitados para atuar em conjunto com diversos profissionais da medicina para atendimento de emergência devido seu intenso treinamento em atendimentos de emergência e reabilitação de doenças neurológicas.

Nas duas primeiras décadas do século XX, os casos de traumas neurológicos e abscessos cerebrais eram operados no Rio de Janeiro pelos cirurgiões gerais. O pioneiro em neurocirurgia no Brasil foi José Ribeiro Portugal e apesar de ter muitas atividades como neurocirurgião, se dedicou a organização de sociedades científicas, como a SBN (Sociedade Brasileira de Neurocirurgia) e ABN (Academia Brasileira de Neurocirurgia) com honroso intuito de disseminar e aumentar o nível de conhecimento técnico na área.

O primeiro neurocirurgião a realizar uma cirurgia com aparelho estereotáxico no Brasil foi Renato Tavares Barbosa em 1958 e desde então tivemos diversos médicos renomados na área.

No Brasil, a cirurgia do sistema nervoso, tanto central como periférico, tem apresentado inúmeros avanços e devido a globalização e facilidade de acesso a informação acompanha de perto a evolução dos conhecimentos estrangeiros. Atualmente diversas revistas eletrônicas são responsáveis pela propagação de informações relacionadas ao avanço na área neurocirúrgica dentre elas temos as revistas americanas com maior impacto no ramo: "Journal of Neurology, neurosurgery and Psychiatry" (Revista de neurologia, neurocirurgia e psiquiatria), a "Neurosurgery" (Neurocirurgia) e a "Journal of neurosurgery" (Revista de Neurocirurgia).

Bibliografia:
José Ribeiro Portugal. Arq. Neuro-Psiquiatr.,  São Paulo ,  v. 51, n. 2, p. 287,  June  1993 .   Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-282X1993000200026&lng=en&nrm=iso>. acesso em  21  Mar.  2016.

http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X1993000200026

http://www.abnc.org.br/sobre.php

http://portalsbn.org/exibe.php?id=4

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Medicina, Neurologia