Tuvalu

Tuvalu (idem em inglês e tuvaluano) é o nome oficial de um estado independente formado por quatro recifes de coral e cinco atóis localizados no sul do Oceano Pacífico. Com cerca de 10.500 habitantes, e uma área de 26 km² (equivalente ao município de Diadema, no estado de São Paulo), este arquipélago é um dos menores países independentes do mundo, maior apenas que Nauru, Mônaco e a Cidade do Vaticano. Conhecida até sua independência em 1978 como ilhas Ellice, sua capital é Funafuti, localizada no atol de mesmo nome, e abriga metade da população to tal do país. As duas línguas oficiais de Tuvalu são o inglês e o tuvaluano, língua polinésia, e a moeda local é o dólar tuvaluano.

Tuvalu é atualmente o foco de preocupação de inúmeros ambientalistas, que acreditam que um eventual aumento no nível do mar causado pelo fenômeno do aquecimento global possa atingir as ilhas em cheio, submergindo-as. A própria constituição dos atóis e recifes contriburia para tal catástrofe, por formarem um terreno de baixa altitude sensível às mudanças marítimas e avanço da água. Por outro lado, não há cursos d'água, obrigando a população local a coletar toda a água da chuva para sua manutenção.

Devido a todos esses fatores, o governo tuvaluano, associado a outros países vizinhos vem fazendo campanha em diversos canais, inclusive nas Nações Unidas para uma maior conscientização acerca das consequencias das mudanças climáticas no planeta Terra.

A história conhecida de Tuvalu inicia-se no século XIV, quando samoanos e tonganeses migram para as ilhas. Entre os primeiros navegadores europeus a visitarem as ilhas está o espanhol Álvaro de Mendaña de Neira, em fins do século XVI. Em 1819, o capitão Edward Eliice visita o arquipélago, e batiza Funafuti com seu nome, o qual mais tarde irá se referir a todo o território. Durante o século XIX, ocorre a frequente prática do "blackbirding", o sequestro de nativos para trabalharem em Fiji e Queensland, Austrália, assim como a atuação de negociantes de escravos peruanos.

De 1892 a 1976, as Ilhas Ellice são administradas pelos britânicos em conjunto com Kiribati, ou Ilhas Gilbert, formando a colônia das Ilhas Gilbert e Ellice. Em 1974, as diferenças étnicas no interior da colónia britânica fazem com que os polinésios das Ellice votem pela separação. No ano seguinte, as Ilhas Ellice se tornam-se a colônia britânica de Tuvalu. A independência será concedida a 1 de outubro de 1978. Em 2000, Tuvalu negociou um contrato de locação de seu nome de domínio Internet ". tv" por US $ 50 milhões em royalties ao longo de um período de 12 anos.

Bibliografia:
Tuvalu profile (em inglês). Disponível em: <http://www.bbc.co.uk/news/world-asia-pacific-16340072>. Acesso em: 16 jun. 2012.

Arquivado em: Oceania