Kiribati

A República de Kiribati (Republic of Kiribati, em inglês; Ribaberiki Kiribati em gilbertês) é um pequeno país independente, formado por 32 atóis ao nível do mar, localizado ao centro do Oceano Pacífico. Sua capital é Tarawa, e sua área total é de 811 km², um pouco maior que o município paulista de Campinas. A população do país é de cerca de 100.800 habitantes, na maioria seguidores do cristianismo de rito católico, com uma minoria protestante. As línguas oficiais são o inglês e o gilbertês (kiribati) e a moeda corrente é o dólar australiano.

O território de Kiribati antigamente era cortado pela Linha Internacional de Data, meridiano utilizado mundialmente para separar os dias no globo terrestre. O governo local unilateralmente mudou a linha mais para leste em 1995, para garantir que todo o seu território permanecesse no mesmo dia. Este foi um movimento astuto, pois Kiribati começou a autopromover-se como o primeiro lugar habitado na Terra a receber o novo milênio em 1 de Janeiro de 2000. A mídia mundial ocupou a ilha Carolina, rebatizada ilha Milênio, para registrar o evento.

A economia local é fraca, sendo afetada pela demanda mundial de coco. O povo I-Kiribati ocupa os atóis entre 1000 e 1300 d.C. Levas posteriores de fijianos e tonganeses introduzem elementos melanésios e polinésios na cultura local Micronésia. Os constantes casamentos interraciais, porém, produzem uma população razoavelmente homogênea na aparência e tradições. Os europeus chegam no século XVI. Por volta de 1800, baleeiros, comerciantes de escravos e navios mercantes chegam em grande número, fomentando conflitos tribais locais e introduzindo doenças europeias fatais. Num esforço para restaurar a ordem, as Ilhas Gilbert (atual Kiribati) e Ellice (atual Tuvalu) consentem em tornar-se um protetorado britânico em 1892. A ilha Oceano (atual Banaba) foi anexada em 1900 após a descoberta de depósitos de fosfato ricos em guano. O grupo de atóis é convertido em colônia britânica em 1916, e as Ilhas da Linha (Espórades Equatoriais) e Fênix são incorporadas aos poucos ao longo dos próximos 20 anos.

O Japão ocupou algumas das ilhas durante a Segunda Guerra Mundial. Em novembro de 1943, os EUA atacam posições japonesas em Tarawa, num dos mais sangrentos combates da campanha do Pacífico, e também um ponto de viragem para a guerra no Pacífico Central. Em 1975, as Ilhas Ellice se separam da colônia, declarando sua independência em 1978. As Gilberts tornam-se uma nação independente a 12 de julho de 1979, sob o nome de Kiribati. A constituição promulgada à época da independência estabelece Kiribati como uma república democrática soberana e garante os direitos fundamentais dos seus cidadãos.

Bibliografia:
Kiribati country profile (em inglês). Disponível em: http://news.bbc.co.uk/2/hi/asia-pacific/country_profiles/1168527.stm. Acesso em: 20 set. 2012.
Background Note: Kiribati (em inglês). Disponível em: http://www.state.gov/r/pa/ei/bgn/1836.htm. Acesso em: 20 set. 2012.

Arquivado em: Oceania