Autismo

Graduação em Farmácia (Universidade Braz Cubas, UBC, 2012)

O autismo é um transtorno do neurodesenvolvimento, que afeta 5 a cada 10.000 crianças nascidas dentre elas os mais afetados são do sexo masculino, e segundo estudos mais recentes houve aumento na quantidade de crianças afetadas pelo distúrbio chegando a 60 em cada 10.000 crianças, mostrando um aumento considerável no número de casos.

No autismo há o comprometimento de funções como habilidades sociais, habilidades comunicativas e presença de comportamentos, e perda de interesse. Recentemente houveram mudanças conceituais e essas foram publicadas no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-V), nesse, a síndrome de Asperger passou a ser considerada uma forma mais leve de Autismo sendo ambos incorporado ao termo nomeado como Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), a criação deste manual também auxilia no diagnóstico desses transtornos facilitando a identificação da severidade destes. Atualmente há diversos protocolos e manuais estabelecidos tanto por autoridades sanitárias competentes como pela Organização Mundial da Saúde, o ICD-10, que auxiliam no diagnóstico, onde são relacionados os critérios comportamentais.

Causas

As causas do autismo são desconhecidas atualmente, porém há uma série de fatores que podem levar ao autismo como genética e alguns fatores externos estressantes capazes de desencadear a doença como o ambiente onde o indivíduo fora criado, complicações na gestação, infecções virais, contaminação por mercúrio, porém as chances da doença aparecer por causas genéticas é de 50%. Podemos também relacionar as causas aos fatores de risco para o desenvolvimento do transtorno dentre elas temos o sexo, onde as chances são quatro a cinco vezes maiores em meninos, histórico familiar, neste caso indivíduos que tenham relatos da doença na família correm riscos maiores, idade dos pais, quanto mais avançada a idade maiores as chances da criança desenvolver doenças diversas.

Sintomas

Crianças com autismo demonstram dificuldades em se relacionar logo nos primeiros anos de vida, os pais tendem a procurar ajuda geralmente antes da criança completar 3 anos de idade, pois algumas crianças não aparentam portar o distúrbio antes dos 2 primeiros anos de vida.

Alguns sintomas do autismo podem incluir alterações emocionais relacionadas a mudanças na rotina da criança, apego excessivo a objetos pessoais, desinteresse social, movimentos repetitivos, ausência na comunicação, comunicação por gestos, repetição de palavras memorizadas em situações distintas, não se referir a si mesmo como "eu" alguns se referem como ele ou você , dificuldade em fazer novas amizades, preferência por locais discretos onde não há pessoas por perto, evitar contato visual, comportamentos agressivos consigo e com outras pessoas e baixa capacidade de atenção. Além desses sintomas o autista pode apresentar hipersensibilidade a estímulos, como visão, audição, tato, olfato ou paladar ampliados , alguns evitam contato físico por ser opressivo, alguns evitam ruídos por achar o estímulo doloroso cobrindo os ouvidos com as mãos.

É fundamental procurar ajuda médica na apresentação de alguns desses sintomas já relacionados, porém há a possibilidade desse diagnóstico ser realizado antes do primeiro ano de vida, para isso os pais devem ficar atentos a sintomas como não responder com expressões de felicidade ao completar seis meses, não reproduzir sons e expressões faciais até aos nove meses. Atualmente, com o tratamento correto, muitos sintomas podem melhorar, porém não há cura para a doença.

Leia também:

Referências:
SILVA, Micheline; MULICK, James A.. Diagnosticando o transtorno autista: aspectos fundamentais e considerações práticas. Psicol. cienc. prof.,  Brasília ,  v. 29, n. 1, p. 116-131,    2009 .

Coury, D. L., & Nash, P. L. (2003). Epidemiology and etiology of autistic spectrum disorders difficult to determine. Pediatric Annals, 32(10), 696-700.

Bayley, N. (2006). Bayley scales of infant and toddler development (3rd ed.). San Antonio, TX: Psych Corp – Harcourt Assessment.

http://www.minhavida.com.br/saude/temas/autismo
https://pt.wikipedia.org/wiki/Autismo#Hist.C3.B3rico

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.