Análise Qualitativa

Análise Qualitativa

As anotações obtidas em um experimento poderão permitir o tipo de análise qualitativa. Isso leva em conta a existência ou aparecimento de certa qualidade, esperada ou não. Por exemplo, vamos considerar um experimento que tenha por objetivo o estudo dos fenômenos químicos.

Colocando-se em contato determinadas substâncias, algumas das manifestações esperadas numa reação química poderão ser observadas:

- eliminação de um gás;
- formação de um precipitado;
- mudança de cor e aspecto;
- alteração da energia, com absorção ou liberação.

Essas manifestações são apenas qualitativas; sabe-se que a reação química
aconteceu se uma ou mais de uma dessas manifestações aconteceu.

Não há necessidade nem possibilidade de quantificar a mudança de cor da mistura formada. Também não é necessário saber a quantidade de gás liberado no momento da reação. O que precisa ser feito é comparar a qualidade observada com algum padrão preestabelecido.

Se o zinco e o ácido clorídrico reagirem num tubo de ensaio, haverá a liberação de hidrogênio. Como isso pode ser constatado? Um fósforo aceso próximo à boca do tubo poderá mostrar a combustão do gás, evidenciando a sua presença.

Se um prego de ferro for mergulhado em solução de sulfato de cobre, poderá ser observada a formação de uma camada de pó sobre a superfície do prego, mostrando o aparecimento de um precipitado.

Em resumo, analisar os resultados de um experimento em que devem ser observados aspectos qualitativos significa perceber a existência e as alterações nesses aspectos, comparando-os com os padrões existentes nos roteiros e manuais sobre o assunto.

Arquivado em: Química