Geólogo

Doutorado em Geociências (USP, 2015)
Mestrado em Geologia Sedimentar (UNISINOS, 2008)
Graduação em Ciências Biológicas (UNISINOS, 2006)

Uma figura intrigante surge no meio do nada, olhando para um barranco ou uma rocha, com um aspecto misto de Indiana Jones e Sherlock Holmes, andando cheio de equipamentos pendurados em seu corpo e mochila, como a bússola e o inseparável martelo em uma das mãos, e um olhar questionador. Eis um geólogo!

Um geólogo escavando a formação rochosa com seu martelo. Foto: Paul B. Moore / Shutterstock.com

Mas o que é um geólogo?

O geólogo é o profissional com formação universitária de nível superior no curso de Geologia. É o profissional que estuda a Terra, toda sua estrutura, formação, processos naturais e evolução ao longo de toda sua idade, através do estudo de todos os tipos de rochas, da constituição do solo e das formas de relevo. É um profissional envolvido com a observação da natureza. A profissão é regulamentada pelo CREA – Conselho Regional de Engenharia e Agronomia, para o exercício da profissão.

Pode se dizer que o curso de Geologia não é um curso muito popular, mas pode ser encontrado em 33 universidades do Brasil, sendo 28 universidades públicas (entre federais e estaduais), e 5 particulares. O curso geralmente possui duração de cinco anos, e segundo o MEC (Ministério da Educação), envolve disciplinas teóricas e básicas como Química, Física, Biologia, Matemática, e disciplinas direcionadas à Geologia, como Geologia Geral, Paleontologia (estudo dos fósseis), Hidrogeologia (estudo dos recursos hídricos), Petrologia (estudo das rochas), Vulcanologia (estudo dos vulcões), Mineralogia (estudo dos minerais), Geoquímica (estudo da distribuição dos elementos nos planetas), Geofísica, Geologia Estrutural (estudo das formas e deformações das rochas e sua origem), Tectônica (estudo das estruturas das rochas e sua origem em escala regional ou global), Estratigrafia (estudo do empilhamento das rochas e idades relativas), Geomorfologia (estudo das formas do relevo e evolução da paisagem), técnicas de mapeamento, como cartografia geológica e topografia, utilizando-se de bases topográficas GPS (Global Positioning System, ou Sistema de Posicionamento Global) e de fotografias aéreas, além de muitas aulas práticas em campo, estágio e trabalho de conclusão de curso.

O campo de atuação profissional do geólogo abrange desde empresas privadas, órgãos governamentais, até instituições acadêmicas e sem fins lucrativos, em áreas ambientais, de construção civil, mineração, petrolífera, recursos hídricos, docência e/ou pesquisa, dentre as principais.

Com toda certeza, é uma profissão cheia de aventuras, viagens e conexão, e mesmo em cargos mais burocráticos, sempre se estará em contato com a natureza.

Foto: Tom Grundy / Shutterstock.com

Bibliografia:

1. TEIXEIRA, W.; FAIRCHILD, T.; TOLEDO, M.C.M. & TAIOLI, F. (2007). Decifrando a Terra. 2ª edição, São Paulo, SP; Companhia Editora Nacional, 623p.
2. PRESS, F.; SIEVER, R.; GROTZINGER, J. e JORDAN, T.H. (2013). Para entender a Terra. Tradução R. Menegat (coord.), 6ª edição, Porto Alegre, RS; Bookman, 656p.

3. WICANDER, R.; MONROE, J.S. (2009). Fundamentos de Geologia. 1ª edição, São Paulo, SP; Cengage Learning, 507p.

http://www.cprm.gov.br/publique/Redes-Institucionais/Rede-de-Bibliotecas---Rede-Ametista/Canal-Escola/Geologia-4007.html

Arquivado em: Geologia, Profissões