Cágados

Por Thais Pacievitch
Os cágados são répteis da Ordem Testudinata (a mesma das tartarugas), da família Chelidae, que é composta por 11 subfamílias, nas quais estão distribuídas mais de 40 espécies, encontradas em Nova Guiné, Austrália e América do Sul. No Brasil, são encontradas 16 espécies de cágados.

São conhecidos também como “tartarugas pescoço de cobra”, devido ao fato de seu pescoço ser mais comprido e estreito que o das tartarugas. Algumas vezes, o pescoço do cágado chega a ter o mesmo comprimento que sua carapaça. Portanto, para proteger a cabeça sob a carapaça, o cágado dobra o pescoço para o lado. Outra diferença entre os cágados e as tartarugas é o tamanho. Os cágados são muito menores que as tartarugas. Geralmente, chegam a no máximo 35 cm de comprimento.

A carapaça dos cágados tem forma achatada e cor escura. Seu corpo é adaptado a sua necessidade de nadar, pois sua carapaça é delgada e entre seus dedos existem membranas. Embora passe grande parte do tempo nadando, os cágados não vivem o tempo todo na água. São ágeis, utilizando a água como recurso de fuga quando se sente ameaçado em terra.

Vivem a beira de rios, açudes e lagos, ou seja, próximos a água doce. Preferem ambientes com temperatura entre 10° e 35° C, enquanto temperatura da água deve variar entre 15° e 25° C. Em temperaturas inferiores a essas os cágados podem ficar doentes. No inverno é comum que estes animais hibernem.

Grande parte das espécies de cágados é carnívora, enquanto outras são onívoras. As espécies carnívoras se alimentam de pequenos peixes, moluscos, anfíbios, insetos, crustáceos e vermes. Já as espécies onívoras acrescentam a esse mesmo cardápio, alguns vegetais.

O acasalamento dos cágados ocorre dentro da água. Após algum tempo, as fêmeas enterram seus ovos em um buraco no solo. Cada espécie tem suas peculiaridades em relação a tamanho, peso, tempo de incubação, etc. Considerando uma das espécies que são encontradas no Brasil, o Cágado-Cabeçudo, por exemplo: a média de ovos em cada postura é de 6 a 7 ovos. Os ovos pesam em média 14 g, e têm cor creme. O tempo de incubação varia entre 80 e 130 dias. Ao nascerem, os pequenos cágados têm cerca de 4 cm, e pesam cerca de 10 gramas, em média. É comum a postura ocorrer duas vezes em uma mesma temporada.

No Brasil, o comércio desses animais é proibido, embora seja comum ver cágados a venda em lojas. A criação de cágados como animal de estimação pode ser relativamente fácil enquanto estes são pequenos, mas quanto mais crescem, maior o terrário devera ser. Um terrário apropriado deve ter pelo menos 3 vezes a largura do animal e 5 vezes seu comprimento.