Pterodáctilo

Por Antonio Gasparetto Junior
O Pterodáctilo era uma espécie de pterosauro com capacidade de voar. É, entre esse grupo, a espécie mais famosa, já foi várias vezes representado no cinema. Apesar de serem frequentemente incluídos na ordem dos Dinossauros, eles são classificados em sua própria ordem, a dos Pterossauros.

Os dinossauros foram grandes animais que povoaram a Terra na Era Mesozóica. Na condição de maiores animais já registrados na história do planeta, suas diversas espécies reinaram não apenas na terra, mas também no ar. O grupo chamado de pterossauros designa os répteis dotados da capacidade de voar.

Muito embora os cientistas acreditem que os dinossauros evoluíram para aves, os pterossauros mantinham ainda as características típicas de répteis, não chegavam nem mesmo a serem ancestrais das aves. Esses animais eram dotados de pele rugosa, sendo que não ocorria a existência de pêlos e nem mesmo asas, possuíam ainda a boca repleta de dentes.

O Pterodáctilo é o pterossauro mais conhecido deste grupo. Essa espécie viveu entre 65 e 150 milhões de anos atrás, última fase da era Mesozóica. Habitava as regiões que hoje conhecemos como África e Europa, era carnívoro e se alimentava de peixes e pequenos animais.

O Pterodáctilo costuma ser muito citado em cinema e seriados, mas sua representação não corresponde à realidade do que foi o animal. Na cultura popular, quando se fala em pterossauros há uma associação quase que imediata com os Pterodáctilos, o que é um equívoco. A representação que se fez desse animal mostra-o como detentor de uma envergadura que atingia seis metros, medindo aproximadamente 4,5 m e que voavam com grande destreza, sendo explorados em filmes como animais que seriam capazes de devorar homens. Na realidade, o pterossauro que possui tais características era o Pteranodon, parente do Pterodáctilo, mas não o mesmo animal.

O Pterodáctilo verdadeiro era um animal muito pequeno, seria incapaz de colocar em risco a vida de um ser humano. Com uma envergadura de asas bastante reduzida em relação ao seu parente Pteranodon, tal aspecto era medido entre 50 a 75 cm apenas. Outra informação que costuma ser vinculada de forma equivocada é quanto a capacidade de voar desses animais, os cientistas acreditam os Pterodáctilos voavam com grande dificuldade, eram capazes apenas de planar.

Fontes:
http://www.pangeaworld.it/main/diziosauror.asp?chiave=P
http://www.pterosaur.net/restoration.php
http://www.achetudoeregiao.com.br/dinossauros/pteranodon.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Pterod%C3%A1ctilo
http://www.klickeducacao.com.br/2006/enciclo/encicloverb/0,5977,POR-11542,00.html