Cidade do Cabo

A Cidade do Cabo, conhecida em inglês como Cape Town, é a segunda maior metrópole da África do Sul, o núcleo da província do Cabo Ocidental e a capital legislativa deste país. Com seus atrativos que mesclam pontos singularmente exóticos, espécies silvestres e muita vida natural, além de outras atrações turísticas surpreendentes, como a Montanha da Mesa, a Baía da Mesa e seu porto produzido naturalmente, ela é um dos lugares mais procurados do Planeta.

Esta localidade foi uma das descobertas do lusitano Bartolomeu Dias. Ele a encontrou em 1488 quando navegava rumo às Índias. Não demorou muito para que esta região fosse invadida por holandeses e britânicos, que até hoje se encontram neste território. A Cidade do Cabo está situada em torno da Baía da Mesa, que assim foi denominada por ter como cenário uma montanha que apresenta o cimo plano, o qual simula uma mesa. Esta formação geográfica é composta também por uma configuração rochosa que apresenta doze picos, daí ser conhecida como ‘os 12 apóstolos’.

A metrópole sul-africana foi, a princípio, instituída pela Companhia Holandesa das Índias Orientais como um centro de provisão dos navios holandeses que seguiam na direção da África Oriental, da Índia e do Extremo Oriente. O primeiro estabelecimento europeu fixo na África do Sul foi assentado por Jan van Riebeeck no dia 6 de abril de 1652.

O progresso da Cidade do Cabo foi veloz; ela logo se transformou no principal núcleo econômico-cultural da Colônia do Cabo. Depois do ciclo do ouro foi desbancada por Joanesburgo, mas ainda hoje é uma das cidades mais importantes da África do Sul, pois abriga as maiores indústrias, é o centro comercial do país, é sede das atividades de refinação petrolífera, das produções automobilística, de alimentos, química, têxtil e de construção naval.

A Cidade do Cabo é toda construída em estilo colonial e está recheada de órgãos do governo e de museus dos mais variados grupos étnicos, como o hebraico e o muçulmano. Por outro lado, ela também convive com a modernidade e todos os seus símbolos universais, shopping centers com vistas para o mar, dotados das padronizadas praças de alimentação, as vastas avenidas, redes hoteleiras, restaurantes e tantas outras opções de lazer.

Para os visitantes modernos, ela proporciona também passeios como o Canal Walk, um tipo de shopping center de proporções titânicas, situado entre canais fluviais interconectados a luxuosos condomínios de residências, de instalações comerciais, e a centros de entretenimento e diversão.

Também é possível encontrar uma atmosfera artística típica de Nova York e de São Paulo nesta cidade cosmopolita. Ela oferece espaço para a diversidade cultural e de criação, bem como a oportunidade de livre manifestação, daí a presença de um vasto setor GLS em sua sociedade. Afinal, este avançado país permite a união legal entre parceiros do mesmo sexo.

Ela está geograficamente localizada no âmago da corrente atmosférica que se origina na Antártida. Desta forma, o turista pode ser surpreendido com ventos e brisas que invadem o ar mesmo em dias repletos de sol, levando as temperaturas a circularem entre 4 e 12 graus no inverno e 15 e 29 graus no verão. Esta oscilação muitas vezes frustra o viajante que deseja vislumbrar o alto da Montanha da Mesa, que fica encoberto particularmente no outono e no inverno.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cidade_do_Cabo
http://viagem.uol.com.br/guia/cidade/cidadedocabo_index.jhtm
http://mycapetown.co.za/news/2009/10/durban-you-can-keep-your%E2%80%A6/

Arquivado em: África do Sul