Lesoto

O Reino do Lesoto (em inglês: Kingdom of Lesotho; em soto: Muso oa Lesotho) é um país localizado à África meridional, com um território de 30.355 km2, um pouco maior que o estado de Alagoas e o Distrito Federal combinados. Sem saída para o mar, e uma das poucas monarquias em continente africano, sua capital é Maseru. Lesoto é um estado constituído dentro do território da África do Sul, portanto, todos os seus limites territoriais são com aquele país. As línguas oficiais são o sesoto (soto) e o inglês, as principais no país. O cristianismo é a principal religião, dividido entre vários segmentos. A moeda local é o loti. Mais de 99% da população pertence à etnia basotho. Outros grupos étnicos incluem europeus, asiáticos e xhosa. O Governo do Lesoto é uma monarquia constitucional. O primeiro-ministro é o chefe de governo e tem autoridade executiva. O Rei tem uma função cerimonial, ele não participa ativamente de iniciativas políticas.

Os habitantes originais de Lesoto foram os povos khoisan (coissã ou bosquímanos, que atualmente habitam o sudoeste da África, a sul de Angola, Namíbia e África do Sul). Estes povos são deslocados por ondas de imigrantes bantu de língua wasja. Povos da etnia soto-tswana vão ocupar a área gradualmente, entre os séculos III e XI. Por volta de 1820, o reino de Basutolândia é fundado pelo chefe Moshoeshoe, que reúne vários grupos para repelir as invasões zulus. Uma década depois, começam os conflitos com os colonizadores bôeres, e tropas britânicas. Em 1868, após vários conflitos, o monarca soto recorre aos britânicos para estabelecer um protetorado sobre seu reino. Em 1871, sem qualquer consulta popular, a Basutolândia é anexada à Colônia do Cabo, o que gera revolta da população. Em 1884, Basutolândia se torna uma colônia britânica em separado.

Lesoto ganhou a independência da Grã-Bretanha a 4 de outubro de 1966, com Moshoeshoe II como rei e o chefe Leabua Jonathan (Partido Nacional Basotho), como primeiro-ministro. O ex-protetorado britânico teve uma turbulenta (se não particularmente sangrenta) trajetória de independência com vários partidos, facções do exército e da família real competindo pelo poder em golpes e motins. A posição do rei foi reduzida a um papel simbólico e unificador. Atualmente, um governo de coalizão comanda o país após as inconclusivas eleições de maio 2012. Lesoto depende da África do Sul como um empregador de sua população, e como comprador de seu principal recurso natural, a água. Outra indústria importante no país é a dos diamantes, produto também importante nas exportações.

Bibliografia:
Background Note: Lesotho (em inglês) Disponível em: <http://www.state.gov/r/pa/ei/bgn/2831.htm>. Acesso em: 24 out. 2012.
Lesotho profile (em inglês) Disponível em: <http://www.bbc.co.uk/news/world-africa-13728324 >. Acesso em: 24 out. 2012.
Mapa: http://watchingthesunbake.blogspot.com.br/2011/11/mountain-kingdom-of-lesotho.html

Arquivado em: África