H. P. Lovecraft

Mestrado em História (UFJF, 2013)
Graduação em História (UFJF, 2010)

H. P. Lovecraft é um dos mais importantes romancistas do gênero de terror do mundo.

hp-lovecraftNascido na cidade de Providence, estado de Rhode Island, nos Estados Unidos, no dia 20 de agosto de 1890, Howard Phillips Lovecraft era o único filho do casal Winfield Scott Lovecraft e Sarah Susan Phillips. Seu pai era negociante de joias e metais preciosos e sua mãe era descendente dos primeiros colonizadores americanos. O jovem Howard foi criado pela mãe, pois o pai sofreu uma crise nervosa quando o filho tinha apenas três anos de idade que o deixou com sequelas para sempre em clínicas de repouso. Garoto prodígio, desde cedo demonstrava muita afinidade e conhecimento de poesia. Incentivado a ler, começou a escrever seus primeiros versos aos seis anos de idade. Howard frequentou pouco a escola porque sofria de uma doença rara chamada poquilotermia que mantinha sua pele constantemente gelada. A morte do avô, em 1904, deixou a família em condições precárias, piorando seu estado de saúde. Sua mãe faleceria em 1921, antes de conhecer as publicações profissionais de seu filho.

A juventude de Howard Lovecraft foi dedicada às poesias. Somente aos 27 anos de idade que ele se aventuraria pelo gênero que o consagraria como um dos mais proeminentes autores do mundo, o terror. Seu primeiro trabalho profissional, no entanto, só foi publicado aos 33 anos de idade, na revista Weird Tales, na qual trabalhou durante algum tempo. Lovecraft também exerceu a atividade de jornalista e, nesta época, conheceu sua esposa, Sonia Greene. O matrimônio foi a desgosto da família, porém durou apenas cinco anos. Após o término, sua carreira se intensificou. Lovecraft se comunicava muito com jovens romancistas e se tornou muito amigo de Robert Howard, criador das histórias de Conan, o Bárbaro.

Lovecraft especializou-se no gênero de terror. Suas obras demonstram um universo hostil ao homem e a indiferença às crenças e às atividades humanas. Ele é o autor de várias entidades fictícias anti-humanas. Através do pessimismo e do cinismo, desafiou valores do Iluminismo, do Romantismo, do Cristianismo e do Humanismo. Era declaradamente conservador e anglófilo, mas muitas de suas obras foram baseadas em seus próprios pesadelos. O trabalho que consagrou Lovecraft é exclusivamente voltado ao terror. Seu texto faz muito uso da primeira pessoa, o que envolve o leitor, perturbando-o com sua atmosfera assustadora.

Publicou apenas um romance, O Caso de Charles Dexter Ward, mas vários contos que o tornaram famoso. Durante sua vida, tinha um número reduzido de leitores, que cresceu com o passar das décadas até fazer do escritor um dos mais influentes da literatura do século XX. Seus últimos anos de vida foram muito complicados, ele trabalhava como revisor e ghost-writer para sobreviver. Seus textos eram cada vez mais complexos e extensos, dificultando as vendas. O suicídio de seu amigo Robert Howard o deixou muito abalado. No mesmo ano, 1936, o cancro intestinal que o afetava evoluiu muito. Incapaz de suportar tantas dores, ele se internou em março de 1937 no Hospital Memorial Jane Brown, onde faleceria no dia 15 aos 46 anos de idade. H. P. Lovecraft foi sepultado no jazigo da família Phillips três dias depois. Hoje, seu túmulo é o mais visitado do cemitério Swan Point.

Fontes:
http://www.hplovecraft.com/
http://www.sitelovecraft.com/

Arquivado em: Biografias