Papa Eusébio

Mestrado em História (UFJF, 2013)
Graduação em História (UFJF, 2010)

Eusébio foi o 31º papa da história da Igreja Católica.

Imagem do Papa Eusébio, Basílica de São Paulo (Roma, Itália). Foto: Zvonimir Atletic / Shutterstock.com

Nascido na Grécia por volta do ano 255, Eusébio viveu uma época de mudanças estruturais favoráveis à Igreja Católica. Todavia, embora o cristianismo se tornasse cada vez mais aceito pelo Império Romano, os cristãos ainda não viviam em paz com seu culto. Continuava existindo opositores e defensores do tradicional paganismo que promoviam perseguições aos praticantes da nova religião monoteísta. Eusébio sempre foi um homem religioso e carismático, sua ascensão ocorreu, de certa forma, naturalmente.

Com o falecimento do Papa Marcelo I, Eusébio foi facilmente eleito no dia 18 de abril de 309 para ser seu sucessor. Mas seu papado não seria nada fácil, pois a Igreja enfrentava atos de violência que perturbavam a paz. Na época, havia uma grande discussão sobre a readmissão dos considerados apóstatas, ou seja, aqueles que declaradamente abandonavam a religião. O confronto de ideias gerou uma severa dissensão na Igreja e o Papa Eusébio se posicionou a favor da exclusão definitiva dos que tinham apostatado da comunhão, permitindo a readmissão apenas aos que passassem por um ato público de penitência. Eusébio enfrentou forte oposição daqueles que exigiam a readmissão imediata ao corpo religioso, intensificando muito o conflito.

O Papa Eusébio foi firme à condenação dos apóstatas e também na defesa da disciplina eclesiástica. Pelo que se tem notícia, ele foi o papa mais amado e venerado pelos cristãos de sua época porque era homem de grande bondade e de misericórdia, embora fosse decididamente contra a reintegração daqueles que haviam apostatado. Esta posição foi fundamental para que seu papado durasse tão pouco tempo. No dia 17 de agosto do mesmo ano em que assumiu o papado, o Papa Eusébio foi deportado para a Sicília e exilado por ordem do Imperador Magêncio, que defendia uma posição contrária sobre os apóstatas. A data marcaria o fim oficial de seu papado, pois Eusébio jamais voltaria do exílio. Ele faleceu pouco tempo depois, no dia 21 de outubro do mesmo ano, quando tinha 55 anos de idade.

O corpo do Papa Eusébio foi transladado para Roma provavelmente em 311 e depositado em um cubículo nas Catacumbas de São Calisto. O papa é venerado como santo e mártir pelos cristãos. Seu sucessor foi o Papa Melquíades.

Fontes:
DUFFY, Eamon. Santos e Pecadores: história dos Papas. São Paulo: Cosac & Naify, 1998.
FISCHER-WOLLPERT, Rudolf. Os Papas e o Papado. Petrópolis: Editora Vozes.

Arquivado em: Biografias