Papa Marcos

Mestrado em História (UFJF, 2013)
Graduação em História (UFJF, 2010)

Marcos foi o 34º papa da história da Igreja Católica.

Nascido em Roma no ano 290, Marcos cresceu no momento de transição do paganismo para o cristianismo no Império Romano. Os cristãos ainda sofriam com alguns ataques e a religião monoteísta havia se tornado há pouco a religião oficial do Império. A instituição Igreja Católica, contudo, já mostrava forte expansão e apontava para a significativa influência que teria na vida política e cultural do Ocidente. Naquela época, os papas permaneciam pouco tempo no cargo, em função de variadas situações. Muitos deles, inclusive, foram perseguidos e aprisionados, morrendo como mártires. Marcos foi eleito para suceder o Papa Silvestre I no dia 18 de janeiro de 336. Ele ficou pouquíssimo tempo no posto de Sumo Pontífice, falecendo no final do mesmo ano.

O papado de Marcos foi muito curto, o que o impossibilitou de grandes realizações. No entanto, ainda deixou algumas heranças culturais para a Igreja Católica. Acredita-se, por exemplo, que tenha surgido em seu papado a compilação de bispos e mártires do cristianismo. O papado de Marcos também gerou o primeiro calendário com as festas religiosas da Igreja Católica e instituiu o uso do pálio, um tecido com lã branca de cordeiro ilustrado com cruzes negras. Marcos ainda mandou construir as basílicas de São Marcos e de Santa Balbina, mas não teria tempo de ver nada.

O Papa Marcos era novo quando assumiu o papa, tinha apenas 46 anos de idade. Demonstrava vigor e ânimo para conduzir a Igreja Católica. No entanto, faleceu supostamente de causas naturais no dia sete de outubro de 336, mesmo ano em que havia assumido o posto de Sumo Pontífice. Mesmo com pouco tempo à frente da Igreja Católica, deixou marcas culturais para sempre, como o extenso calendário de festas religiosas que existe atualmente. Foi canonizado mais tarde e é também reconhecido como Papa São Marcos. Foi sucedido pelo Papa Júlio I.

Fontes:
DUFFY, Eamon. Santos e Pecadores: história dos Papas. São Paulo: Cosac & Naify, 1998.
FISCHER-WOLLPERT, Rudolf. Os Papas e o Papado. Petrópolis: Editora Vozes.
MCBRIEN, Richard P. Os Papas: os pontífices de São Pedro a João Paulo II. São Paulo: Edições Loyola, 2000.

Arquivado em: Biografias