Papa Simplício

Mestrado em História (UFJF, 2013)
Graduação em História (UFJF, 2010)

Simplício foi o 47º papa da história da Igreja Católica.

Nascido em Tivoli, na Itália, no ano 430, Simplício era um amante das artes, homem muito dedicado à vida religiosa e influente nos bastidores da Igreja. Com o falecimento do Papa Hilário em 468, foi eleito para o posto de Sumo Pontifice no dia três de abril do mesmo ano, quando tinha 38 anos de idade.

O pontificado de Simplício enfrentou muito mais problemas internos na Igreja do que externos. Em sua época, o cristianismo já havia se tornado a religião oficial do Império Romano e desfrutava de notória influência na política. Desde o imperador Constantino I, a Igreja Católica gozava de paz, as perseguições aos cristãos haviam cessado e os monumentos do catolicismo proliferavam, assim como crescia o poder. Toda essa situação transferiu para o interior da Igreja alguns embates. Núcleos eclesiásticos passaram a disputar o poder no interior da instituição religiosa, causando conflitos e rompimentos.

O Papa Simplício teve que conviver com um grande cisma da Igreja Católica que resultaria na fundação das igrejas da Armênia, da Síria e do Egito. O cristianismo fragmentava-se em diferentes instituições. O papado de Simplício apresentou um relacionamento muito tenso também com a igreja de Constantinopla. O papa tentou interver em algumas situações e nomeações da igreja no Oriente, o que só ampliou o descontentamento e a instabilidade na relação entre as partes.

Crise foi sem dúvida o teor do papado de Simplício. Além do cisma, da fundação de novas igrejas e da divergência com a igreja do Oriente, o oitavo ano de atuação do papa vivenciou a queda do Império Romano do Ocidente, um desastre para um dos maiores impérios da história.

Apesar de todos esses problemas que são administrativos, mas em diferentes esferas, o Papa Simplício não deixou de praticar atos de caridade e generosidade. As complicações que se abateram sobre a Igreja Católica e o Império Romano gerou uma legião de miseráveis até em Constantinopla. Um grande número de pessoas pobres e desamparadas que necessitavam de auxílio para sobreviver. O Papa Simplício encarregou-se de organizar e distribuir esmolas aos peregrinos e às novas igrejas, atendendo com caridade os desvalidos. Foi atuante no serviço social e também na atividade pastoral da Igreja Católica.

O Papa Simplício faleceu aos 53 anos de idade no dia dez de março de 483, após um papado de quase 13 anos. Foi enterrado na Basílica de São Pedro e sucedido pelo Papa Félix III.

Fontes:

FISCHER-WOLLPERT, Rudolf. Os Papas e o Papado. Petrópolis: Editora Vozes.

DUFFY, Eamon. Santos e Pecadores: história dos Papas. São Paulo: Cosac & Naify, 1998.

Arquivado em: Biografias