Câncer de próstata

Graduação em Biologia (CUFSA, 2010)
Especialização/MBA em Análises Clínicas (Uninove, 2012)

A próstata é uma glândula que faz parte do aparelho reprodutor masculino e sua principal função é produzir parte do líquido que forma o sêmen, líquido espesso que contém os espermatozoides, liberado durante o ato sexual. Ela fica localizada na região pélvica do homem, na parte baixa do abdome que envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), no Brasil o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, ficando atrás apenas do câncer de pele não-melanoma, que disparadamente é o tipo de câncer mais frequente que atinge ambos os sexos. Ocorre com grande frequência em homens acima de 65 anos, e por isso pode ser considerado um câncer da terceira idade.

Sintomas

No estágio inicial, o câncer de próstata é assintomático e possui um crescimento lento. Conforme a doença vai progredindo as primeiras manifestações surgem, como a dificuldade de urinar, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite, entretanto, esses sintomas são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata. Os sintomas podem provocar ainda dor óssea, sintomas urinários ou, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal.

Diagnóstico

O diagnóstico do câncer de próstata é baseado em alguns exames como o toque retal, o nível do antígeno prostático especifico (PSA) no sangue, e o sistema de graduação de Gleason. A partir do momento em que se for constatado o aumento da próstata ou o PSA estiver alterado, deve ser realizada uma biopsia para análise e identificação da lesão. Com o resultado da biopsia, outros exames são prescritos para uma análise mais completa e verificação de metástases. Exames mais específicos podem ser utilizados como ultrassonografia transretal, cintilografia óssea, tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Leia mais: exame de próstata.

Tratamento

O tratamento mais comum é a cirurgia de remoção da próstata (prostatectomia radical), a radioterapia e combinação com tratamento hormonal (hormonoterapia). Para doença metastática (quando o tumor original já se espalhou para outras partes do corpo) a quimioterapia é o tratamento mais indicado, com medicamentos para destruir o câncer. Ela é administrada em ciclos com cada período de tratamento seguido por um período de descanso para permitir que o corpo possa se recuperar. Cada ciclo de quimioterapia dura em geral algumas semanas.

Prevenção

Apesar de existir uma intensa campanha preventiva, esse é o tipo de câncer mais comum entre os homens, principalmente por existir um preconceito por parte deles em fazer o exame de toque. O aparecimento da doença está associado principalmente com a idade. Os homens acima de 50 anos são os mais vulneráveis e devem realizar o exame preventivo anualmente.

Outros pontos importantes são uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais e com menos gordura, consumir tomate, realizar pelo menos 30 minutos diários de atividade física, manter o peso adequado à altura, evitar a prática de fumar e diminuir/evitar o consumo de álcool.

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Câncer