Lei de Diretrizes e Bases da Educação

Advogada (OAB/MG 181.411)

Publicado em 28/04/2022
Ouça este artigo:

Com a promulgação da Constituição Brasileira de 1988, conhecida como a Constituição Cidadã, na qual se preocupou estabelecer direitos fundamentais à sociedade, como direitos trabalhistas, trouxe também debates quanto ao sistema educacional, surgindo após 8 anos a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB).

A lei encarregou-se de grandes e importantes mudanças para atualizar o sistema de educação no Brasil. São as algumas inovações trazidas por elas e suas alterações posteriores:

  • O ano letivo passou de 180 para 200 dias;
  • A obrigatoriedade e gratuidade do ensino básico, que compreende o ensino infantil, ensino fundamental e o ensino médio, para crianças e jovens de 4 a 17 anos de idade;
  • Os professores de ensino superior também deverão ter formação seja de mestrado ou doutorado, devendo a universidades possuírem no seu corpo docente 1/3 de professores com esses títulos;
  • Trouxe incentivo a valorização do professor;
  • Educação gratuita para as crianças com menos de cinco anos de idade;
  • Atendimento especializado e gratuito às crianças que possuam alguma deficiência, altas habilidades ou transtornos;
  • Os estabelecimentos de ensino devem promover ambiente seguro e o enfrentamento de drogas;
  • O educando terá direito a educação mesmo que internado ou em tratamento de saúde, seja em hospitais ou regime domiciliar;
  • Os entes federativos devem cooperar para identificar, cadastrar e atender os educandos com grandes habilidades ou superdotação.

Em 2020 a educação assim como vários setores sofreram alterações conforme a pandemia advinda pelo Coronavírus, dessa forma foi editada Medida Provisória nº 934 de 01 de abril de 2020 e posteriormente convertida em Lei nº14.040/20, por questões de emergência e calamidade, na qual foram ocorreram devidas mudanças da LDB em relação a educação infantil, e nível fundamental e médio, afetando o mínimo 200 dias do ano letivo, mas que ainda seja mantido o mínimo de 800 horas.

Quanto ao curso superior também previu a norma, mas inclui que nos cursos de farmácia, medicina, fisioterapia, odontologia e enfermagem, os educandos poderiam antecipar a conclusão do curso desde que respeitado no mínimo 75% da carga horária do internato ou do estágio curricular obrigatório.

A nova norma estende-se a todo ano letivo afetado pela calamidade e posteriormente a edição da Lei nº 14.218/21, sendo que o efeito da legislação também vigorou no ano recorrente, uma vez que a situação de saúde se perdurou, conforme §2º do art. 1º.

É importante destacar os princípios que regem o ensino, que se pode extrair da LDB:

  • I- Igualdade nas instituições de ensino tanto para o acesso tanto para a permanência;
  • II- Liberdade sobre cultura, o pensamento, a arte, sendo livre para ensinar, aprender;
  • III- Pluralismo de ideias e opiniões pedagógicas;
  • IV- Reverência a liberdade e tolerância;
  • V- A simultaneidade de ensino privado e público;
  • VI- O ensino público deve ser gratuito;
  • VII- A valorização dos professores;
  • VIII- A administração democrática dos ensinos;
  • IX- Possuir qualidade ao ensino oferecido a todos;
  • X- A apreciação das atividades extracurriculares;
  • XI- Manter associados a educação, o trabalho e habilidades sociais;
  • XII- Atenção com as desigualdades étnico-racial;
  • XIII- Incluído em 2018, que seja assegurado a longo de toda a vida o direito a educação;
  • XIV- Acrescentando em 2021, que pessoas surdas, surdo-cegas e com deficiência auditiva sejam respeitadas por suas diversidades.

É notório a importância que a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional ao reunir regulamentos e preceitos sobre a educação do Brasil.

Referências:

BRASIL. Lei nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm#:~:text=26.,da%20economia%20e%20da%20clientela.>. Acesso em: 13 de abr. de 2022.

BRASIL. Lei nº 14.040 de 18 de agosto de 2020. Estabelece normas educacionais excepcionais a serem adotadas durante o estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020; e altera a Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/Lei/L14040.htm>. Acesso em: 13 de abr. de 2022.

FIRMINO, Fabiana. O que é a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB)? Pedagogia para Concurso. Disponível em: <https://pedagogiaparaconcurso.com.br/o-que-e-a-lei-de-diretrizes-e-bases-da-educacao-ldb/>. Acesso em: 13 de abr. de 2022.

NOGUEIRA, Edmara. Alteração na LDB 2020 – Corona Vírus. Os Pedagógicos, 2020. Disponível em: <https://ospedagogicosblog.com.br/alteracao-na-ldb-2020-corona-virus/>. Acesso em: 13 de abr. de 2022.

Sem autor. Entenda o que é e qual a importância da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). Portabilis Tecnologia. Disponível em: <https://blog.portabilis.com.br/entenda-o-que-e-e-qual-a-importancia-da-lei-de-diretrizes-e-bases-da-educacao-nacional-ldb/>. Acesso em: 13 de abr. de 2022.

Arquivado em: Direito, Educação