Notocorda

A notocorda é um bastão formado de uma estrutura flexível com um aspecto cartilaginoso, que se encontra posicionada na região dorsal dos organismos que a possuem. O núcleo da notocorda é formado principalmente por glicoproteínas e as fibras que o recobrem são formadas de colágeno. O ângulo em que essas fibras estarão posicionadas representará a capacidade de alongamento da notocorda.

A notocorda é uma estrutura essencial para alguns animais, como os cordados, animais pertencentes ao filo Chordata. A notocorda é considerada uma estrutura transitória, já que ela pode fazer parte de apenas um determinado momento da vida de alguns organismos. Dentre as principais funções da notocorda, destacam-se ser um sítio de ligação do músculo precursor vertebral e servir de base para o esqueleto axial.

Nos mamíferos a formação da notocorda se dá no período de gestação em que a gastrulação começa, tempo de aproximadamente três semanas. A notocorda surge a partir do disco embrionário bilaminar, invaginações de células diferenciadas que irão formar o bastão, e quando o desenvolvimento completo é atingido a estrutura se estenderá da região caudal até a direção do crânio, formando uma parte do nó primitivo. A notocorda ficará entre as regiões endodérmica e ectodérmica. A mesoderme se desenvolverá em volta dando suporte para a notocorda e fará a ligação com outras estruturas essenciais para a vida, como o crânio.

Nos seres humanos, a partir dos 4 anos de idade não será mais possível encontrar nenhum vestígio da notocorda, a região será substituída por células de condrócitos.

As pesquisas atuais de maior importância indicam que a notocorda surgiu com os cordados. Nesses seres, a notocorda é uma característica específica e serve de parâmetro para definição das espécies. Registros apontam que os primeiros cordados que surgiram já apresentavam notocorda. Algumas das espécies primitivas registradas mantinham coluna vertebral formada por completo e a notocorda até a idade adulta.

Sabe-se que nos vertebrados a notocorda surge a partir do organizador dorsal (região que pode formar um segundo eixo embrionário). Nesses organismos, o organizador dorsal aparece durante o período de gastrulação. Essa estrutura desempenhará um importante papel de regulador de movimentos celulares na ectoderme e na mesoderme, com a finalidade de continuar desenvolvendo a notocorda.

A notocorda desempenha um papel essencial para o desenvolvimento dos cordados, pois o principal elemento que compõe o esqueleto axial dos embriões é a notocorda.

Referências bibliográficas:
http://dev.biologists.org/content/132/11/2503
https://embryology.med.unsw.edu.au/embryology/index.php/Notochord
https://en.wikipedia.org/wiki/Notochord
http://www.dacelulaaosistema.uff.br/?p=552

Arquivado em: Embriologia