Questões da prova UFSC 2010

Selecionamos as questões mais relevantes da prova de vestibular UFSC 2010. Confira!
* Obs.: a ordem e número das questões aqui não são iguais às da prova original.

Questão 11:

O meio ambiente pode influenciar o funcionamento do nosso organismo de várias formas, desde a alteração de funções fisiológicas, das quais geralmente não nos damos conta, até alterações na nossa percepção sensorial e estado de ânimo. Por exemplo, nas grandes festas musicais que se estendem madrugada adentro, conhecidas como “raves”, o consumo de álcool e bebidas estimulantes, como os “energéticos”, chega a níveis alarmantes. No contexto da ideia de diversão, a mistura destas duas substâncias pode trazer consequências devastadoras para o organismo humano. A pessoa que consome o energético junto com o álcool reduz o efeito deste, uma vez que o estimulante diminui o efeito depressor do álcool sobre o sistema nervoso. Esta ação dos energéticos reduz a percepção da embriaguez, e leva as pessoas a ingerir mais álcool, as quais não se dão conta dos riscos envolvidos. Uma superdosagem desta substância aumenta a frequência cardiorrespiratória e pode provocar irritação estomacal e intestinal. O que a princípio é euforia e excitação, pode transformar-se em tontura e desmaio.

Sobre o assunto do texto acima, pode-se afirmar corretamente que:


Questão 12:

Entre os pobres muitos se dirigem a terras estranhas, vendidos e cobertos de correntes [...].

Quantos dos que tinham sido vendidos, uns injustamente, outros com justiça, fiz voltar para Atenas, sua pátria, fundada pelos deuses [...].

Dei liberdade a outros que, aqui mesmo (em Atenas), sofriam servidão indigna e tremiam diante do humor dos patrões.

Eis o que realizei, graças à soberania da lei, fazendo com que a força e a justiça agissem concordemente.

(Sólon, Elegias. Apud HOLANDA, S. Buarque de. História da Civilização. 6. ed. São Paulo: Nacional, 1979. p. 58.)

Com base no texto acima e nos seus conhecimentos sobre a sociedade e a democracia  ateniense, assinale a(s) proposição(ões) correta(s).


Questão 13:

Durante muitos séculos a Idade Média foi considerada um período de trevas, "Noite de mil anos", no qual  o mundo teria vivenciado uma longa fase de decadência científica, social e cultural. Porém, um número significativo de estudos históricos e publicações do século XX revelam que a Idade Média, como outros períodos da história da humanidade, representa uma etapa na qual houve crise, mas também desenvolvimento científico, social e cultural.

Em relação à cultura medieval europeia, assinale a(s) proposição(ões) correta(s).


Questão 14:

Na década de 1920, política, economia e cultura andaram muito próximas no Brasil e cada uma, a seu modo, propunha mudanças para o país.

Sobre este período, é correto afirmar que:


Questão 15:

Sobre acontecimentos históricos ocorridos no sul do Brasil, é correto afirmar que:


Questão 16:

Os africanos foram trazidos do chamado continente negro para o Brasil em um fluxo de intensidade variável. Os cálculos sobre o número de pessoas transportadas como escravos variam muito. Estima-se que, entre 1550 e 1855, entraram pelos portos brasileiros 4 milhões de escravos, na sua grande maioria jovens do sexo masculino.

(FAUSTO, Boris. História do Brasil. São Paulo: Ed. da Universidade de São Paulo,1995. p. 51.)

Sobre a escravidão no Brasil, é correto afirmar que:


Questão 17:

Sobre a industrialização no mundo, assinale a(s) proposição(ões) correta(s).


Questão 18:

No processo de conquista da América pelos europeus, a resistência indígena foi uma realidade percebida em todo o continente.

Sobre este tema, é correto afirmar que:


Questão 19:

Em novembro de 2009, comemorou-se de várias formas os 20 anos da queda do muro de Berlim.

Em relação a este tema, é correto afirmar que:


Questão 20:

A perspectiva de que o petróleo pode ser o caminho para levar o Brasil ao patamar de uma grande potência econômica habita o imaginário coletivo desde o início do século XX.  O escritor Monteiro Lobato foi um dos primeiros defensores da ideia.  Nacionalista, ele montou uma empresa de pesquisa, perdeu tudo o que havia ganhado com a literatura e ainda acabou preso por ter criticado militares favoráveis à abertura da exploração de petróleo a estrangeiros.

(VEJA. São Paulo: Abril, n. 36, edição 2129, p. 64, 9 set. 2009.)

Com referência à questão do petróleo da qual também participou o escritor Monteiro Lobato, assinale a(s) proposição(ões) correta(s).


Páginas: 1 [2] 3 4