Chapada dos Guimarães

Ouça este artigo:

A Chapada dos Guimarães é uma formação rochosa de arenito datada do período Devoniano e Cretáceo. Está localizada quase no centro do Estado do Mato Grosso, a menos de 40 km de Cuiabá.

São dezenas de paredões com até 200 metros de altura, com extensão de aproximadamente 100 km de sudeste a noroeste. A geografia do local ocasiona a retenção de massas de ar, gerando as chuvas orográficas (precipitações nas encostas dos morros). Essa formação também dificulta a circulação de ar na depressão Cuiabana, tornando Cuiabá a capital mais quente do país.

Chapada dos Guimarães, na borda do Planalto Central. Foto: Erni / Shutterstock.com

Por causa do clima tropical, originado pelas massas de ar Polar Atlântica e Equatorial Continental, são percebidas apenas duas estações no ano, verão e inverno. As chuvas são concentradas durante o verão. No ano, a precipitação fica em torno de 1500 mm.  No inverno quase sem chuvas, a temperatura fica em torno de 25 graus. Com a estiagem e altas temperaturas, os incêndios florestais tornam-se frequentes.

O bioma da região é o Cerrado, com árvores baixas, arbustos espaçados e gramíneas.

A Chapada é protegida pelo Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, criado em 1989. Vários ecossistemas estão inseridos no parque, que dessa forma podem ser preservadod frente à crescente expansão agrícola e urbana ao seu redor. O parque também é utilizado para fins de pesquisas e turismo ecológico.

Bibliografia:

http://www.icmbio.gov.br/parnaguimaraes/

Arquivado em: Brasil