Exercícios - Regime Militar

Lista de questões de vestibulares sobre o Regime Militar no Brasil.
Ler artigo Regime Militar.

Exercício 1: (ADVISE 2009)

Considere as alternativas sobre o regime militar no Brasil:

I. A Lei de Remessas de Lucros continuou, apesar dos incentivos às empresas multinacionais.

II. A Lei de Remessas de Lucros foi suspensa, garantindo os interesses das multinacionais em detrimento das empresas nacionais.

III. Apesar de contar com o apoio dos EUA, os militares não romperam relações diplomáticas com Cuba.

IV. O Ato Institucional n. 5 (AI-5) previa a cassação de mandatos

eletivos federais, estaduais ou municipais. Estão corretas:


Exercício 2: (Enem 2010)

Ato Institucional nº 5

Art. 10 - Fica suspensa a garantia de habeas corpus, nos casos de crimes políticos, contra a segurança nacional, a ordem econômica e social e a economia popular.

Art. 11 – Excluem-se de qualquer apreciação judicial todos os atos praticados de acordo com este Ato Institucional e seus Atos Complementares, bem como os respectivos efeitos.

Disponível em: http://www.senado.gov.br. Acesso em: 29 jul. 2010.

Nos artigos do AI-5 selecionados, o governo militar procurou limitar a atuação do poder judiciário, porque isso significava


Exercício 3: (UFSC 2016)

Essa música de Chico Buarque, escrita na época da ditadura civil-militar, representa ao mesmo tempo uma crítica aos ditadores que impunham regras ao povo e o desejo de um Brasil melhor com o fim do regime. Sobre os contextos político, econômico e social do Brasil após a ditadura civil-militar, é CORRETO afirmar que:


Exercício 4: (UDESC 2015/2)

Analise o texto abaixo:

Las tres caravelas
(…)
Um navegante atrevido Saiu de Palos um dia Vinha com três caravelas A Pinta, a Nina e a Santa Maria Em terras americanas Saltou feliz certo dia Vinha com três caravelas A Pinta, a Nina e a Santa Maria
Muita coisa sucedeu
Daquele tempo pra cá
O Brasil aconteceu
É o maior, que é que há?
(...)
Viva Cristóvão Colombo Que para nossa alegria Veio com três caravelas A Pinta, a Nina e a Santa Maria

(Algueró Jr. Moreau. Tradução: João de Barro)

Analise as proposições sobre essa canção popular, gravada por Caetano Veloso e Gilberto Gil no disco Tropicália ou Panis et Circensis (1968).

I. A letra faz referência a episódios históricos conhecidos como o “descobrimento da América” pelos europeus, por meio da viagem empreendida pelo almirante Cristóvão Colombo, partindo da costa da Espanha pelo Oceano Atlântico, e atingindo as ilhas do Caribe, no dia 12 de outubro de 1492.
II. Os cantores da Tropicália utilizam a canção com ironia em relação ao discurso ufanista dos militares brasileiros durante a ditadura. Para eles, o Brasil estava submisso aos interesses econômicos dos Estados Unidos, como havia sido em relação às monarquias ibéricas no período colonial.
III. O autor da letra, ao afirmar que o navegador “saltou feliz certo dia” nas terras americanas, identifica-se com os nativos, que consideram esse episódio o início de uma era de paz e prosperidade, pois Colombo veio “para nossa alegria”.

Assinale a alternativa correta.


Exercício 5: (Unespar 2015)

As expressões “Revolução” e “Golpe” foram e ainda são usadas para designar um mesmo fenômeno político no Brasil, que se iniciou no primeiro semestre de 1964 e perdurou até 1985, um período que ficou conhecido como Regime Militar. As palavras geralmente não são instrumentos neutros para se descrever ações e fenômenos históricos, entre outros motivos, porque elas podem denotar os critérios de classificação ou um determinado juízo de valor de quem as usa. Na caracterização do Regime Militar, o termo:


Exercício 6: (Unespar 2015)

A Usina Hidrelétrica de Itaipu foi planejada desde 1966. Os presidentes do Brasil (João Figueiredo) e do Paraguai (Alfredo Stroessner) inauguraram oficialmente a Usina em 05 de novembro de 1982. No entanto, a produção de energia só teve início quando entrou em operação a primeira unidade geradora, em 05 de maio de 1984.

Sobre a Usina Hidrelétrica de Itaipu é correto afirmar que:


Exercício 7: (UECE 2018.1 - 1ª Fase)

De 1964 até o final da década de 1970, as produções e manifestações artísticas brasileiras bem como os movimentos culturais foram marcados