Guerra total

Mestrado em História (UDESC, 2012)
Graduação em História (UDESC, 2009)

Sempre abrir.

O século XX inaugurou uma forma de se fazer guerra nunca antes experimentada pela humanidade, que ficou conhecida como guerra total e envolveu várias esferas das sociedades globais interferindo principalmente na política, na economia e na ciência e tecnologia. Entre os anos de 1914 e 1945 ocorreram dois eventos que mudaram as estruturas globais, a Primeira Guerra Mundial e a Segunda Guerra Mundial, trazendo além disso um novo o conceito de paz como era até então conhecido.

A partir de 1914 quando se iniciou a Primeira Guerra, conhecida também como Grande Guerra, os estados europeus envolvidos tiveram pela primeira vez que lutar em territórios que não o seu, além disso, mobilizaram soldados de suas colônias ou ex-colônias, ou ainda realizaram acordos com outros países, para lutar no front. Essas mudanças políticas fizeram com que as guerras ocorressem em três continentes, Europa, Ásia e África, porém a guerra naval foi um elemento globalizante da utilização de submarinos à grandes cruzadores, deixando poucos Estados Independentes de fora.

Na Primeira Guerra ficaram de fora na Europa apenas Espanha, Países Baixos, os países Escandinavos e a Suíça. Na América, temos os Canadenses que combateram na França, os estadunidenses lutaram em vários lugares na Europa e os brasileiros que foram os únicos latino-americanos a participar da guerra e incorporaram as forças navais inglesas e a força aérea do exército e da marinha Força Aérea Real, e muitos militares, médicos civis e militares, juntaram-se as forças francesas. Na África, ocorreu uma das primeiras batalhas em 1914 entre alemães que colonizaram o Togo (conhecido como Togolândia na época) defenderam sem muito sucesso a incursão de ingleses pelo Oeste e francês pelo Nordeste, que conseguiram dominar uma estação de telégrafos construída com a tecnologia mais avançada – que enviava e recebia mensagens de Berlim, do Oceano Índico e outros países da África. Muitos países africanos enviaram, por ser colônias soldados para lutar pelos estados coloniais como a França e a Inglaterra. Da Oceania partiram soldados neozelandeses e australianos que lutaram na Campanha de Galípoli na Turquia. Da Ásia partiram muitos indianos que lutaram pelo exército francês tanto na Europa como no Oriente Médio.

Na Segunda Guerra ficaram de fora das batalhas ou ocupações os países europeus Portugal, Irlanda, Suíça, Suécia, Turquia e Espanha, e na Ásia o Afeganistão. Como coloca o historiador Eric Hobsbawm a “A Segunda Guerra Mundial foi uma aula de geografia do mundo”, pois os jornais e as rádios informaram sobre as batalhas e ocupações entre os lugares mais retirados e os mais conhecidos. Outra mudança política foi o surgimento de novos estados nacionais, mudando os mapas mundiais constantemente em tão pouco tempo, pois no entre guerras, muitas nações se formaram e outra sumiram, tais como: a Áustria, a Hungria, a Finlândia, a Lituânia, a Estônia, na Europa; Iraque, Turquia, Síria, Líbano, Palestina, na Ásia;

Os anos de Guerra total também mudaram as economias de todo o globo. Houve nações que investiram todos os seus esforços e rendimentos para as batalhas. Mulheres e crianças começaram a trabalhar nas industrias, principalmente nos Estados Unidos, enquanto boa parte dos homens produtivos iam para guerra, principalmente durante a Segunda Guerra. Durante a Primeira Guerra chineses migraram para o Ocidente para trabalhar em vários setores, desde a agricultura à indústria. Migrações, refugiados, reorganizações político-administrativas, tratados, nestes trinta e um anos de guerras e entre guerras provocaram diversas mudanças no cenário econômico. Mesmo parecendo um período de estabilidade para os Estados Unidos, que virou o principal exportador de produtos para todo o mundo no pós-1918, teve uma grande instabilidade entre os anos de 1929 e 1933 na Grande Depressão, conhecida como Crise de 1929.

A guerra total também variados avanços nas ciências e tecnologias. Do submarino à bomba atômica, dos gases tóxicos aos enlatados, muitos das tecnologias presentes no nosso cotidiano foram experimentadas e tiveram origem nos campos de batalha. A guerra total pode ser compreendida por esses esforços em diferentes áreas que são utilizados para o esforço de guerra.

Referências:

BBC NEWS BRASIL. Como país africano foi palco de batalha no início da 1ª Guerra, 14 novembro 2014. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/videos_e_fotos/2014/11/141031_primeira_guerra_togo_fn>.

HOBSBAWM, E. J. Era dos extremos: o breve século XX: 1914 - 1991. 2. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.