Tratado de Nystad

Firmado no dia 10 de setembro de 1721 em Uusikaupunki, município e cidade da Finlândia, o Tratado de Nystad teve como objetivo acabar com a Grande Guerra do Norte entre a Suécia e a Rússia. A Rússia foi representada pela figura de Heinrich Johann Friedrich Ostermann, um conselheiro particular; e Jacob Daniel Bruce, que era conde. Pelo lado da Suécia, a responsabilidade ficou por conta de Johann von Lilienstedt, então conde; e de Otto Reinhold Strömfelt, um barão.

Apresentando vinte e quatro artigos e um preâmbulo, o acordo definia que a Suécia cederia à Rússia as seguintes áreas: parte do território da Carélia, a Íngria, a Livônia e a Estônia. No mesmo acordo, estava definido que a nação russa ainda receberia as fortalezas e cidade de Priozersk, Vyborg, Narva, Tartu, Tallinn, Pärnu, Daugavgrīva e Riga. Da mesma forma, seriam cedidas as ilhas Møn, Hiiumaa, Saaremaa e áreas que tinham fronteira com a Curlândia ou ficavam nas encostas do Mar Báltico.

Como parte do acordo, a Rússia teria que devolver os territórios dominados na Suécia e na Finlândia, assim como acertar um acordo de guerra em um valor de 2 milhões de reichstaler. Fora isso, os suecos teriam o direito da importação de forma ilimitada de cereais nas seguintes áreas: Kuressaare, Tallinn e Riga. Essas importações tinham valor anual de 50 mil rublos sem a incidência de impostos, com exceção dos períodos em que a colheita ficasse abaixo das expectativas.

Após a substituição do Rei Frederico I da Suécia pelo Tsar Pedro I da Rússia, que começou a governar as recentemente conquistadas províncias, a Rússia surge no cenário europeu como uma das maiores potências do continente após a anexação dos territórios. Enquanto isso, a Suécia começa a declinar politicamente. Ainda existiam algumas áreas que geravam controvérsia como a Dinamarca, o Reino da Prússia e Hanôver, mas os conflitos terminaram com a assinatura dos dois tratados realizados em Estocolmo nos anos de 1719 e 1720.

Com uma nova guerra entre Suécia e Rússia, ocorrida vinte anos após os acordos, foi feito um novo tratado de paz que deu aos russos novas fronteiras e territórios, estendendo a área geográfica do país ao oeste, na região em que se localiza o rio Kymi. Com isso, houve um grande período pacífico entre as duas nações europeias, que resultou na estabilização das condições de vida na Carélia.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Tratado_de_Nystad
http://www.artehistoria.jcyl.es/v2/contextos/2122.htm
http://www.diariodarussia.com.br/acontecimentos-2/noticias/2012/08/30/aconteceu-em-30-de-agosto-2/
http://www.russianet.com.br/home/russia/cidades/sao-petesburgo

Arquivado em: História da Europa