Filologia

O dicionário Houaiss da Língua Portuguesa define filologia como “o estudo científico do desenvolvimento de uma língua ou de famílias de línguas, em especial a pesquisa de sua história morfológica e fonológica baseada em documentos escritos e na crítica dos textos redigidos nessas línguas (p.ex., filologia latina, filologia germânica etc.); gramática histórica”.

A palavra tem origem no idioma grego da antiguidade e significa amor à instrução e ao estudo. Portanto, filologia, em um sentido amplo, é a ciência que tem por objetivo estudar uma língua, civilização, cultura ou a literatura em determinada posição histórica e para isso faz uso dos documentos escritos que são encontrados dentro do recorte escolhido.

Apesar disso, o enfoque científico no estudo do desenvolvimento de determinada língua, família de línguas, pesquisa da morfologia ou fonologia, acabou tornando-se uma ciência chamada Linguística Histórica.  Com isso, a filologia associa-se mais ao estudo de materiais críticos e textos.

A importância da filologia pode ser representada por diversos filólogos importantes como Eduard Schwartz, Ernst Robert Curtius, Friedrich August Wolf, Ulrich von Wilamowitz-Moellendorff, Wolfgang Schadewaldt, Martin Litchfield West, Eduard Fraenkel, Franz Bopp , Jacqueline de Romilly, entre outros.

De forma geral, a filologia trata da localização, edição de textos e problemas de datação. Como apoio, utiliza outros campos de estudo como a História, Estilística, Gramática e Linguística. A filologia também pode ser definida como o estudo histórico-literário de uma determinada língua, compreendida e contextualizada no contexto cultural da época analisada.

Assim, a filologia também compreende a retórica, interpretação da obra de autores, gramática, tradições e críticas literárias relativas a determinado idioma. Quando se trata do sentido mais restrito da linguística histórica, considera-se a filologia como uma ciência pioneira do século XX. Isso se deve à grande influência de Ferdinand de Saussure, um linguista e filósofo suíço cujas ideias tornaram o desenvolvimento da linguística enquanto ciência autônoma.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Filologia
http://houaiss.uol.com.br/busca.jhtm?verbete=filologia&stype=k

Arquivado em: Linguística