Libertinagem

Quarto livro de poemas do autor, Libertinagem é o primeiro com maior relevância em sua obra. São poemas cheios de humor, imagens e música, falando do sentimentalismo de uma forma simples, longe de serem vulgares.

Poemas famosos de Manuel Bandeira fazem parte desta obra, como “Pneumotórax”, “Pensão familiar”, “pensãozinha burguesa”, “Profundamente” e, “Vou-me embora pra Pasárgada”, talvez o mais conhecido de seus poemas.

“Vou-me embora prá Pasárgada
Lá sou amigo do rei
Lá tenho a mulher que eu quero
Na cama que escolherei
Vou-me embora prá Pasárgada” (...)

São 38 poemas ao todo, alguns narrativos e memorialistas, como é o caso de “Porquinho da Índia”, outros em forma de paródia, como é o caso de “Teresa”, um poema-paródia do texto de Castro Alves “O ‘adeus’ de Teresa”. Enquanto o poema de Castro Alves é uma exaltação à beleza da mulher, o texto de Manuel Bandeira é antilírico e distante de qualquer idealização.

Manuel Bandeira é considerado um dos maiores poetas brasileiros do século vinte. Esta sua obra foi publicada em 1930 e na maioria dos poemas o autor rompe com as formas tradicionais, atendendo aos objetivos das vanguardas. Um exemplo disso são os versos irregulares, a liberdade formal, a ausência da rima, o linguajar coloquial, as estrofes irregulares e demais inovações que são características do seu fazer poético.

Vejamos mais um trecho:

ANDORINHA

Andorinha lá fora está dizendo:
- "Passei o dia à toa, à toa!"
Andorinha, andorinha, minha cantiga é mais triste!
Passei a vida à toa, à toa...

FONTES:
http://www.enemsimples.info/2011/07/resumo-libertinagem-manuel-bandeira.html#ixzz2bm6IrhIG
http://guiadoestudante.abril.com.br/estude/literatura/materia_416916.shtml
http://llfeioleituras.blogspot.com.br/2012/05/libertinagem-manuel-bandeira.html
http://www.passeiweb.com/na_ponta_lingua/livros/analises_completas/l/libertinagem
http://www.sosestudante.com/resumos-l/libertinagem-manuel-bandeira.html
http://vestibular.uol.com.br/ultnot/livrosresumos/ult2755u2.jhtm

Arquivado em: Livros