Economia do Mato Grosso

Mestre em Ciências Humanas (PUC-RJ, 2016)
Graduado em Geografia (UFF, 2009)

A economia do estado do Mato Grosso tem como principal atividade a agricultura, embora a pecuária e o extrativismo tenham bastante destaque. O estado do Mato Grosso é conhecido como o celeiro do país, por ser o maior produtor de soja, milho, algodão e de rebanho bovino. Essa produtividade é alcançada devido ao fato da intensa modernização das técnicas utilizadas no campo. Sua participação no Produto Interno Bruto Nacional é de 1,8%, de acordo com dados de 2014 do IBGE.

O setor agropecuário é responsável por 21% do Produto Interno Bruto do Estado do Mato Grosso, de acordo com dados da Secretaria de Estado e Planejamento do Mato Grosso (SEPLAN) de 2014. O setor de serviços apresenta 61,6% na participação do PIB do Estado, sendo esse número impulsionado na área do comércio. Por fim, o setor industrial representa apenas 17,4% na participação da soma de todas as riquezas do Estado do Mato Grosso (SEPLAN, 2016).

A economia por setores

Em geral, a economia de um estado ou de um país é analisada por meio dos setores econômicos que são: o setor primário, o setor secundário e o setor terciário. Resumidamente, pode-se dizer que o setor primário da economia está relacionado à produção através da exploração dos recursos da natureza. Como exemplos de atividades neste setor, pode-se citar: agricultura, mineração, pesca, pecuária, extrativismo vegetal e caça. É importante acrescentar que o setor primário fornece a matéria-prima para a indústria de transformação.

O setor secundário da economia é aquele que transforma as matérias-primas (produzidas pelo setor primário) em produtos industrializados (roupas, máquinas, automóveis, alimentos industrializados, eletrônicos, casas, etc.). Como existem conhecimentos tecnológicos agregados aos produtos do setor secundário, o lucro obtido na comercialização é significativamente maior do que aquele obtido no setor primário. Países com grau de desenvolvimento elevado tem a sua economia baseada no setor secundário da economia.

O setor terciário da economia é aquele que engloba a os serviços. Os serviços, diferente dos outros dois setores citados anteriormente, são produtos não materiais. Pode-se citar como exemplo de atividades neste setor: comércio, educação, saúde, telecomunicações, serviços de informática, seguros, transporte, serviços de limpeza, serviços de alimentação, turismo, serviços bancários e administrativos, transportes, entre outros.

No Estado do Mato Grosso, conforme dito anteriormente, a agropecuária é responsável por 21% do PIB do estado. Nestes valores, a agricultura é responsável por 17,2% de participação, acompanhada pela pecuária, com 3,1% e pela denominada Produção Florestal e Aquicultura, com participação de 0,7%. O setor secundário da economia do Estado do Mato Grosso possui forte ligação com o setor primário da economia, principalmente na fabricação de alimentos. Outro setor que alavanca esses números no setor secundário é o de biocombustíveis, principalmente com a produção do álcool.

Por fim, o setor de serviços, ou terciário, é alavancado pelo comércio, com 18,7% de participação e da administração pública, com 16,1%. O turismo é responsável pelo crescimento deste setor, principalmente com o turismo ecológico.

Referencias:

SEPLAN. Produto Interno Bruto do Estado do Mato Grosso – Contas Regionais – Ano de 2014. Ano 2 2º Edição. Novembro, 2016. Disponível em: https://38f6350b-a-c7daa14a-s-sites.googlegroups.com/a/seplan.mt.gov.br/ces/Relat%C3%B3rio%20PIB%20MT%202014%20-%2028.11.2016.pdf?attachauth=ANoY7crNHnzJHMwmkRbYgLmaHJ4OHghiwlHkOZosVx6QdExLFe475C6LfhOeoKm7E8OVtMqHQ5y650GYGyaKIAN2dE29vh42oQt4MDyE1218NRl2th1WSaNlow1bk2MtTD5yvQcE05YR-dF1iPGtAvDi0XNkALYQO7mJCAikYGtmdFlr63xkJs0X7ci4Hy2xwLI8BpvrMWoNj3UMz7msbvq_yeX_kTAqm1zsmI4w8qrpKLbH94lulWO5LKc6yuIZucIWFT_V9grU&attredirects=1. Acesso em 07 de fevereiro de 2018.

Arquivado em: Economia, Mato Grosso