Hipertimésia

A hipertimésia, também conhecida como síndrome da supermemória, ou ainda, síndrome da memória superior, trata-se de uma condição na qual o indivíduo apresenta uma altíssima memória biográfica.

A maioria das memórias de longo prazo fica armazenada no lobo frontal direito do cérebro. Contudo, indivíduos com a síndrome da supermemória também utilizam, de forma inconsciente, o lobo frontal esquerdo e o lobo occipital, parte do sistema nervoso central que habitualmente atua sobre a linguagem e que está relacionado ao armazenamento de imagens, respectivamente.

Até o momento foram contabilizadas aproximadamente 20 pessoas com esta condição no mundo todo. Contudo, esta supermemória costuma ser autobiográfica, não auxiliando seus portadores a se saírem melhor em atividades que exigem do intelecto. Em compensação à supermemória, estes pacientes podem apresentar ainda déficit de funções de organização e controle mental, bem como tendências obsessivo-compulsivas.

No final do ano de 2012, foi divulgado na mídia o caso de um jovem inglês com 20 anos de idade, estudante de literatura, chamado Aurelien Hayman, que é capaz de lembrar detalhadamente tudo o que fez, o que usou e o que comeu nos últimos dez anos da sua vida, além de saber precisamente o que foi noticiado e como estava o tempo em cada um dos dias desse período.

A história desse jovem tornou-se tema de documentário que irá ao ar na Grã-Bretanha.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Hipertimesia
http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2012/09/com-supermemoria-ingles-lembra-o-que-fez-comeu-e-usou-em-dez-anos.html

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Neurologia