Imperativo afirmativo

Graduada em Letras-Português (USP, 2011)

O imperativo afirmativo consiste em um modo verbal no qual o verbo expressa ordem, proibição, convite, conselho, pedido ou súplica. Aqui o falante tem o objetivo de levar o interlocutor a realizar a ação sugerida ou ordenada por ele.

Neste modo verbal, a primeira pessoa do singular (eu) não existe. Além disso, é indeterminado em tempo, porém supõe-se que a ação sugerida ou ordenada ocorrerá no futuro.

Exemplos:

a) Preste atenção na aula!

b) Tenha respeito pelos mais velhos.

c) Olhe para os dois lados antes de atravessar a rua.

d) Cale-se!

e) Vá até a padaria e compre dez biscoitinhos de polvilho.

f) Espere aqui, volto logo.

Leia também:

Referência Bibliográficas:

BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa. 37ª ed. Rio de Janeiro: Editoras Nova Fronteira e Lucerna, 2009. 574 p.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional. 695 p.

Arquivado em: Português