Acetila

A acetila é um grupo funcional orgânico, conhecido também como etanoila, é derivado do ácido acético (ácido que compõe o vinagre, CH3COOH), este grupo funcional é apenas uma parte da fórmula do acido acético conhecida como acila.

Todo composto que recebe o grupo funcional acila, sofre acetilação ou etanoilação. Sendo encontrado em muitos compostos orgânicos, e também em neurotransmissores acetilcolina, acetil CoA, e ácidos acetilsalicílicos conhecidos popularmente como aspirinas. Em organismos vivos é importante para a síntese biológica e a quebra de muitas moléculas orgânicas.

Acetila, derivada do acido acético, o qual perde o ultimo oxigênio ganhando em seu lugar um radical (outra substancia que não componha originalmente o ácido acético)

Ácido acético

A acetila tem também como promover mudanças em moléculas orgânicas fora de organismos vivos, tais como, transformar antiinflamatórios comuns em ácido salicílico, principal principio ativo da aspirina, assim como transformar a morfina, anestésico natural, em heroína. São usados também no ramo da produção de remédios como aceleradores do efeito das drogas, fazendo com que as mesmas cruzem as barreiras hematoencefalica mais rapidamente do que as drogas sem acetila em sua composição.

São também usados em outros ramos, tais como para alterar as características de algumas proteínas e histonas, como, por exemplo, na expansão ou condensação das moléculas de DNA, quando a histona sofre acetilação por acetiltransferase o DNA sofre expansão permitindo a transcrição genética, já quando se retira acetilas o DNA sofre condensação impossibilitando a molécula de efetuar a transcrição genética.

Arquivado em: Química Orgânica