Gasolina aditivada

Graduação em Química (Centro Universitário Franciscano, UNIFRA, 2014)

A gasolina é um combustível largamente utilizado nos veículos em geral e temos a opção de comprá-la de forma comum ou aditivada. A gasolina é um composto orgânico formado essencialmente por carbono e hidrogênio, ou seja, é um hidrocarboneto. Ela possui estritamente de 6 a 10 átomos de carbono em sua estrutura.

A gasolina comum é aquela que não possui aditivos e já a gasolina aditivada possui a adição de substâncias que potencializam o combustível, protegem o motor do carro e melhoram a sua performance. Um dos aditivos utilizados para melhorar a performance da gasolina éter metil-terc-butílico (MTBE) embora na legislação brasileira ele seja proibido e em seu lugar seja utilizado o etanol. O nitrometano também é utilizado para melhorar a queima do combustível fazendo com que a potência aumente e o consumo diminua.

O processo de octanagem da gasolina faz com que ela se torne mais resistente ao processo de combustão ou detonação sofrido no motor, tornando-a mais durável, portanto quanto maior o índice de octanagem melhor o desempenho do motor, lembrando sempre que o motor deve ser compatível com o tipo de gasolina utilizada. Por exemplo um motor mais potente precisa de uma gasolina mais resistente à compressão para uma boa performance.

O preço da gasolina aditivada é maior do que o da gasolina comum obviamente, porém esta foi desenvolvida para prolongar o tempo de vida do carro então, na hora de escolher entre as duas deve-se pesar os custos benefícios delas.

Gasolina

Gasolina. Foto: nexus 7 / Shutterstock.com

Arquivado em: Combustíveis